sexta-feira, setembro 25, 2020
Início Notícias Flamengo x Bauru tem falhas em iluminação e falta de placar.

Flamengo x Bauru tem falhas em iluminação e falta de placar.

Foto: André Durão

GLOBO
ESPORTE
: A falta de um local para jogar as finais do Novo Basquete Brasil fez o
Flamengo apelar para o improviso. A Arena Carioca 2 foi cedida pelo Comitê
Organizador dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro ainda inacabada. O palco
sequer está preparado para receber eventos de basquete, pois será a sede das
competições de judô e luta olímpica. Nesta quinta-feira, a instalação recebeu o
segundo duelo da série contra Bauru e as dificuldades foram visíveis, da
iluminação ao placar, passando pela necessidade do torcedor de sair do ginásio
para buscar alimentação com a ausência de lanchonetes internas. O sistema de
refrigeração funcionou, e a visibilidade de qualquer parte é boa. A arena
receberá o terceiro jogo da série melhor de cinco, neste sábado, às 14h10.

Nos
Jogos Olímpicos, a Arena Carioca 1 receberá os jogos de basquete, mas ela está
sendo preparada no momento para receber a Liga Mundial e o Grand Prix de vôlei.
Com isso, restou ao Flamengo essa opção, que confundiu até o prefeito Eduardo
Paes em uma mensagem no Twitter. A iluminação atrapalhou os jogadores,
principalmente nos rebotes e arremessos de três pontos. O placar ainda foi um
problema para os torcedores. Só havia um grande e posicionado no alto.
Dependendo da posição no ginásio não conseguiam ter acesso ao resultado do
jogo, mesmo com outro menor colocado no chão ao lado do banco do Bauru.
– A
iluminação é forte, mas feita para outro tipo de esporte. A arena é gostosa de
jogar. Pena que não vai poder ser usada em boa parte do ano – comentou
Marquinhos, que elogiou também a estrutura dos vestiários.
O
placar chegou a atrapalhar visivelmente Ronald Ramon no último ataque do
segundo quarto. Ele procurou o relógio para identificar quantos segundos
faltavam e foi empurrado pelo grito da torcida para colocar velocidade. Técnico
do Bauru, Demétrius pediu aos árbitros um maior cuidado com as pessoas que
bloqueavam o placar improvisado no chão da quadra, o mesmo utilizado pelo
Flamengo na Liga das Américas quando houve uma pane elétrica no Maracanãzinho
em 2015.
– Teve
gente que reclamou (da iluminação). Não era confortável. Com relação ao placar,
eu pedi para tirar as pessoas da frente para a gente ter maior visibilidade no
terceiro quarto. Mas tudo é uma questão de adaptação – explicou Demétrius.
A
questão da alimentação foi resolvida com alguns trailers de food truck e
barracas de cachorro quente na parte externa da arena. Ainda assim, com preços
altos de sanduíches e pizzas. As filas, no entanto, não foram um problema. A
preocupação com os banheiros se resolveu com a regularização da chegada da água
ao local. A sujeira de algumas cadeiras chamou a atenção, mas algo típico de
uma obra inacabada.
A
operação foi toda feita pelo Flamengo. A chegada dos torcedores não apresentou
problemas. Na parte interna, algum tumulto para conseguir manter todos
sentados. A polícia precisou entrar em ação para conter alguns deles e retirar
outros. O presidente do clube, Eduardo Bandeira de Mello, foi ao jogo e virou
alvo de xingamentos. Um de seus filhos respondeu com sinal obsceno a quem
estava mais próximo, o que causou revolta.
No
fim, mesmo com a derrota, os torcedores mostraram seu apoio ao time. Com duas
faixas, demonstraram orgulho pelo basquete e vergonha com o futebol. Deixaram o
ginásio em tranquilidade, à espera do jogo 3 da série melhor de cinco contra o
Bauru para mais uma experiência em um palco dos Jogos Olímpicos.

MAIS LIDOS

Conmebol nega pedido do Fla para inscrever mais dez atletas na Libertadores

O Flamengo sofre com o surto de contaminação pelo novo coronavírus instalado no clube. 16 jogadores pegaram Covid-19 nos últimos dias e a equipe...

Jair Ventura pede atacante do Flamengo pagando 100% do salário

O Flamengo possui um dos times mais qualificados do futebol sul-americano. Com tamanha qualidade técnica, é certo que muitos jovens atletas não terão a...

Cada um pensando em seu próprio umbigo

Muito do que tem acontecido nas últimas horas no futebol brasileiro serve para reforçar algo que já é histórico em relação a nossos dirigentes:...

Dirigente espera poder contar com atletas infectados na quarta

O Flamengo está passando por um surto de covid-19 em seu elenco. Ao todo, são 23 casos, inclusive entre comissão técnica e dirigentes. O...