Fluminense irá a julgamento por grito de “time assassino” antes da partida contra o Flamengo

O último Fla-Flu disputado pela Taça Guanabara teve uma cena que chamou a atenção. Parte da torcida do Fluminense desrespeitou totalmente os garotos rubro-negros que estavam em campo e se aproveitaram de uma tragédia para lançar gritos clubistas no estádio. A frase “time assassino” foi ecoada no Maracanã, situação que deixou os jovens rubro-negros afetados, afinal os falecidos na tragédia eram seus amigos.

No dia seguinte ao ocorrido o Flamengo entrou com uma representação contra o Fluminense. E ele será julgado nesta terça-feira, às 17 horas (horário de Brasília) na Segunda Comissão Disciplinar do Tribunal de Justiça Desportiva do Rio.

O processo se dá pelo Fluminense ter se enquadrado em dois artigos: o de teor discriminatório das palavras e por descumprir o Regulamento Geral das Competições.

Ainda no dia seguinte ao jogo, o Fluminense soltou nota oficial repudiando a atitude dos torcedores. Porém, a equipe poderá sofrer punições no tribunal.

O Fluminense pode até perder os três pontos da partida que venceu o sub-20 do Flamengo. Situação que não alteraria as semifinais da competição, já que o Fluminense mesmo sem os três pontos ainda sim ficaria acima do Volta Redonda.

Situação Repetida

Não é a primeira vez que algo parecido acontece dentro dos gramados. No confronto contra o Vasco, quando o Flamengo também estava com o sub-20, parte pequena da torcida rival gritou a frase. Porém por ter sido pequena minoria e não ter sido perceptível em campo o canto, nenhuma punição foi estudada. A proporção no jogo contra o Fluminense foi muito maior, com boa parte dos tricolores ecoando a frase.

Linha tênue entre justiça e clubismo

Chama a atenção nas redes sociais a reação de alguns tricolores, afirmando que a ação de seu torcedor se dá pela “indignação” com o ocorrido. Ora, se os tricolores estão tão indignados, por que não cobram os responsáveis pela tragédia? E mais, por que não esperam a justiça determinar em quais pontos houveram erros?

É sempre bom lembrar que o Flamengo é uma instituição e ela por si só não faz nada, nem para o “bem” e nem para o “mal”. No fim são pessoas que assinam papéis, contraem dívidas e tomam decisões, como as que cercaram todo esse caso.

Tudo isso aponta para PESSOAS, e não para um clube. E se de fato há alguma indignação verdadeira pelo ocorrido, deve-se cobrar PESSOAS, e não rotular de maneira oportunista e clubista um clube que sofreu e que terá por toda sua existência essa mancha.

SRN!

Por: FlaHoje
Aloizio Pita de Castro Jr
Aloizio Pita de Castro Jr
Um grande amante do futebol e principalmente do Flamengo. Redator com grande experiência e trabalhos em outros grandes portais. Hoje estou no Fla hoje.

MAIS LIDOS

Escalação do Flamengo na noite de hoje: Veja quem deve jogar

O Flamengo entra em campo hoje diante do Racing, em confronto decisivo válido pela Libertadores da América. O Rubro-negro vem de um empate no...

Vasco perde de quatro para o Ceará e torcida do Flamengo não perdoa

Como de costume, a vida do Vasco no Campeonato Brasileiro não está fácil. Na noite desta segunda feira a equipe comandada por Sá Pinto...

Em sexto jogo com Ceni, Fla poderá ter sexta escalação diferente

O Flamengo tem nesta terça-feira uma decisão pela Libertadores. Diante do Racing da Argentina, jogando no Maracanã, o Flamengo precisa de uma vitória simples...

Gabigol treina com bola e empolga a torcida do Flamengo

O Flamengo se prepara para partida fundamental na temporada. Diante do Racing, muita coisa está em jogo, inclusive a tranquilidade para Rogério Ceni poder...