Publicidade

Fluminense vence o Flamengo, que mais uma vez decepciona

Publicidade

O Flamengo venceu o Fluminense na noite de hoje por AS X AS no Maracanã. A partida foi fundamental para o Flamengo, afinal o São Paulo tropeçou para o Bragantino.

A partida começou com o Flamengo pra cima do tricolor. Logo com um minuto de jogo, Gabigol teve chance clara de abrir o placar, mas acabou finalizando por cima do gol. Poucos minutos depois foi a vez de Rodrigo Caio acertar lindo cabeceio, que o goleiro Marcos Felipe voou para pegar. Após essas duas boas chances, o Flamengo se viu em situação parecida com a partida diante do Fortaleza. Tinha muito a posse de bola, circulava com vários passes, as vezes criava boas chances, porém ainda assim, ficava aquém do que podia.

O Fluminense, por outro lado, era um time pragmático demais, defensivo demais, e que quase não aproveitava as chances de puxada em contra-ataque. Assim, diante de um adversário que se absteve de atacar, o Flamengo conseguiu encontrar  seu gol no final do primeiro tempo, com Arrascaeta.

Após boa jogada de Everton Ribeiro pela ponta direita, o meia cruzou, Matheus Ferraz cortou para cima e a bola sobrou limpa, para o uruguaio cabecear no fundo do gol. Flamengo 1 a 0.

De forma geral o primeiro tempo pode ser definido como um grande ataque contra defesa. Se por um lado o Fluminense não demonstrou nenhum poder de fogo, de outros o Flamengo teve boas tramas, mas ainda demonstrou problemas quando encontra adversários muito recuados. Apesar disso, o desempenho foi consideravelmente melhor do que contra o Fortaleza. No primeiro tempo ainda, nos poucos momentos que o Fluminense tentou buscar o jogo, conseguiu incomodar. Portanto, o sistema defensivo é ainda um problema.

O segundo tempo

O início do segundo tempo se apresentou um pouco diferente do primeiro. O Fluminense ficou mais tempo com a bola sob seu controle e o Flamengo buscou chegar em contra-ataques. O Flamengo teve suas chances nessas jogadas, porém o jogo se apresentou mais perigoso que no primeiro tempo, e longe do que se espera para o Flamengo. Nathan de cabeça, aos nove minutos, perdeu grande chance de ampliar o placar.

Aos dez minutos do segundo tempo, foi a chance do Fluminense, também de cabeça. Porém dessa vez, o zagueiro do Fluminense foi mais efetivo e guardou, empate do Fluminense, 1 a 1. O primeiro tempo já mostrava um time que defensivamente não passava confiança, além de um sistema ofensivo que pecava na fase final, seja na finalização ou no passe final. O segundo tempo, com um Fluminense melhor, veio apenas para provar todos os defeitos que o time de Rogério Ceni tem.

Aos 16 minutos do segundo tempo o Fluminense quase virou o jogo. Michel Araújo fez o que quis no ridículo sistema defensivo do Flamengo, e chutou na trave.

O jogo se apresentou a seguir com um Fluminense muito mais vivo em campo. Enquanto o Flamengo era lento na saída de bola a ponto de parecer desinteressado pelo jogo. Rogério então mudou o time, colocando Pedro e Diego em campo, nos lugares de Nathan e Gabigol.

O tempo passou e o Flamengo aos poucos foi ganhando terreno novamente. O Fluminense recuou e deu a bola para o Flamengo, que teve enormes dificuldades para furar a retranca tricolor.

Derrota e chance jogada no lixo

Como se não bastasse as falhas do time, o Flamengo conseguiu a façanha de perder o jogo. Em falha de Filipe Luís o Fluminense virou e marcou, 2 a 1. O São Paulo perdeu por 4 a 1 para o Bragantino, era a chance do Flamengo se aproximar, jogada no lixo.

Leia também: Campeão pelo Fla, Amaral voltará a disputar o Carioca

Veja também: Sub-17 vence o Sport fora de casa e abre vantagem nas quartas de final da Copa do Brasil

Publicidade
Publicidade

© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod