Publicidade

Gabigol não pode ser banco? Mauro Cézar discorda

O Flamengo mediu forças com o Fortaleza, no último fim de semana. No confronto, o técnico Dome Torrent começou a partida com Gabigol no banco de reservas, com Pedro como titular. Entretanto, mesmo com o atacante entrando no intervalo, ele demonstrou irritação por não ter começado o jogo como titular.

A imprensa, na sua maioria, criticou Torrent por incluir Gabigol na rodagem do elenco. Entretanto, Mauro Cézar Pereira, jornalista da ESPN em participação do Posse de Bola, do UOL Esporte, concordou com a inclusão de Gabigol na rodagem do elenco. Na sua visão, Gabigol é muito importante para o time do Fla, entretanto, ainda não está neste patamar.

FOTO: REPRODUÇÃO / ESPN

”O Arnaldo citou Messi e Cristiano Ronaldo, acho que não tem termo de comparação Messi e Cristiano Ronaldo, o Gabigol não é tão grande assim. Ele é importante, ele foi um cara decisivo na Libertadores, ele é um cara que parece morto, vai lá e decide, foi assim na Libertadores, foi assim no sábado. Mas ele tem que amadurecer, ele tem que aprender a lidar com o grupo, é um grupo de jogadores e acabou”, declarou Mauro Cézar.

O Flamengo hoje possui Pedro como uma grande sombra de Gabigol no banco de reservas. O atacante ex-Fluminense dá conta do recado quanto tem oportunidade. Na visão de muitos, a briga pela vaga no time titular só deve se aumentar no decorrer da temporada. Enquanto isso, o Fla se prepara para medir forças diante do Fluminense, nesta quarta-feira, em jogo válido pela 9ª rodada do Brasileirão.


© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod