Na última quinta-feira, os familiares das vítimas do incêndio no Ninho do Urubu não entraram em acordo com o Flamengo e se revoltaram com a maneira do clube levar o caso. No Seleção SporTV, o narrador Galvão Bueno criticou a diretoria.

– Não se pode tratar assim. Não se pode ir para a justiça. Não se pode não ir levar afeto, carinho e respeito pela dor. Isso me incomoda – disse Galvão Bueno.

O apresentador André Rizek relembrou o crime ocorrido em 2013, na partida entre Corinthians e San José, na Bolívia, quando torcedores do Timão atiraram um sinalizador na torcida adversária, matando o garoto Kevin Spada.

– O Corinthians preferiu discutir tecnicamente se tinha ou não responsabilidade por aquilo. Naquele ano, o Corinthians se tornou o time mais odiado do continente. Acho que o Flamengo deveria ter uma postura diferente. Flamengo tem a chance de sair nanico ou grande desse episódio. O Corinthians saiu nanico naquele episódio. E você Flamengo, vai sair como? – disse o apresentador.

Por: SPORTV