quinta-feira, outubro 1, 2020
Início Notícias Ganhar Fla-Flu continua sendo normal.

Ganhar Fla-Flu continua sendo normal.

Foto: iFlamengoNews

IFLAMENGO NEWS: Quando algo que um dia foi normal se torna
diferente, certamente existe alguma coisa errada. Não me refiro às mudanças
relacionadas à passagem do tempo, mas sim às mudanças ligadas à essência.
Existem coisas que, hoje, parecem anormais para o Flamengo. Pois, se tenho
algum adjetivo definido para dar ao início de ano de 2016, este é ‘diferente’.

Comecemos pelos gringos que vestiram a camisa rubro-negra
nos últimos anos. Sem listar nomes. Nenhum que for citado terá feito algo de
relevante para alcançar algum status no clube. Nada perto do que, em tempos
passados, fizeram Doval e Petkovic, por exemplo. Digo isto sem julgar talento
ou fazer comparações de épocas, mas, sim, observando a entrega e a vontade de
buscar a vitória. Recentemente, venho vendo um peruano que está calando as
críticas e mostrando a que veio, e um argentino que tem a visão de um
verdadeiro camisa 10, sem sequer ser um, além de não desperdiçar uma
oportunidade de provocar os rivais, de forma discreta. Contra o Fluminense, vi
ainda um colombiano brigar por cada bola. A ponto de causar confusão após uma
entrada, e não fugir da briga. Acabou por ser expulso, injustamente. E foi para
arquibancada. Não para o vestiário. Inconformado. Sem nem mesmo tirar o
uniforme de jogo. “Meninos, eu vi”.
A diferença continua no comprometimento com o trabalho.
Para um time que, em dois meses, jogou em quase dez estádios diferentes, ganhar
folga na segunda-feira deveria ser algo normal. Para o Flamengo da primeira
metade dos anos 2010, também. Não para o de 2016, que freta voo para voltar pra
casa no mesmo dia, e já treina no dia seguinte a um clássico duro, em que
venceu por 2 x 1, longe do Rio de Janeiro. “Meninos, eu vi”.
Algo que não muda é o velho método de céu e inferno que
existe desde os tempos em que a ‘Pherusa’ ia ao mar. Bastavam remadas fortes
numa regata qualquer de um domingo de manhã, para que o favoritismo na
temporada oficial fosse criado. Porém, se na mesma regata as remadas fossem um
pouco mais fracas do que as esperadas, não tinha planejamento que desmentisse a
crise anunciada na praia do Flamengo. Não, meninos. Eu não vi. Como não
precisei ver a cobrança de Petkovic dentro do gol para saber que ela entraria
naquele início de 2001, quando o clima era de desconfiança cedo demais para
descartar o tricampeonato carioca, da mesma forma que o oba-oba pós-tri
aconteceu cedo demais para prever o 24ª lugar num brasileiro em que o 25º
colocado foi rebaixado. Existem coisas que se sustentam simplesmente por serem
Flamengo. Como a falta do meio termo e a certeza de que o rebaixamento nunca
acontecerá.
É muito cedo para fazer qualquer previsão pra um ano que,
repito, ainda tem apenas dois meses. Não que as previsões já não existam em
quantidade, desde as mais negativas, após mais um tropeço contra o Vasco, até
as mais positivas, como a de um possível hepta campeonato, após uma boa vitória
qualquer. O fato é que não dá para levar totalmente a sério um campeonato em
que o atual campeão foi rebaixado no nacional. Contudo, há jogos e JOGOS.
Clássicos, que sempre serão clássicos, independente das circunstâncias em que
aconteçam. O Carioca dos dias atuais vale muito menos do que alguns acham que
vale, mas bem mais do que o “quase nada” que parece valer.
As conclusões serão tiradas pelos otimistas e pelos
pessimistas, os mesmos que mantêm viva a tradição do céu e do inferno
rubro-negro. Neste emaranhado de diferenças e semelhanças, ambos devem
concordar que uma coisa não mudou: ganhar Fla x Flu continua sendo normal. Pra
nós.
Saudações Rubro-Negras.
Matheus Berriel

MAIS LIDOS

Audiência do Flamengo no SBT vence a Globo; veja os números

O Flamengo jogou na noite desta quarta-feira diante do Independiente del Valle, em confronto válido pela Libertadores da América. Diferentemente do jogo de ida...

Torcedores invadem perfil do Del Valle e devolvem provocações após goleada

O Flamengo entrou em campo na noite desta quarta-feira, em jogo válido pela Libertadores da América. O torcedor do Rubro-negro ficou preocupado com o...

Flamengo se impõe e atropela Del Valle em noite de classificação garantida; veja as notas

O Flamengo entrou em campo diante do Independiente Del Valle, mais uma vez todo remendado. Mas a presença dos garotos do sub-20 parece não...

Com novidades: Escalação do Flamengo contra o Del Valle

O Flamengo entra em campo na noite desta quarta-feira em jogo válido pela Libertadores da América. O confronto colocará frente a frente o atual...