• Início
  • Notícias
  • Gerson conta como surgiu comemoração que virou marca registrada
Publicidade

Gerson conta como surgiu comemoração que virou marca registrada

Publicidade

Gerson precisou de pouquíssimo tempo para mostrar que tem a cara do Flamengo. Debochado, apaixonado e “solto”, o volante parece ter nascido para vestir o Manto Sagrado em campo. E caiu de vez nas graças da torcida quando anotou seu primeiro gol: na terceira partida que fez pelo Fla, contra o Botafogo, balançou as redes e fez uma comemoração que já virou sucesso com a Nação. Batizada de “vapo”, é marca registrada do camisa oito – que explica a brincadeira.

Quando balança as redes ou “executa” um adversário, o volante cruza os braços em frente ao pescoço e “corta”. O craque contou, em entrevista para o portal Uol, como surgiu a comemoração. Foi uma brincadeira com um amigo – e já estava planejada antes da chegada ao Flamengo.

FOTO: ANDRÉ MOURÃO

– Essa comemoração surgiu em uma conversa com um amigo. Ele disse que tinha de comemorar um gol fazendo esse gesto. Ainda estava na Itália quando ele me pediu. Acabei voltando ao Brasil, para o Fla, e assim que saiu o primeiro gol eu fiz. Fico feliz em ver torcedores e crianças imitando -, disse.

O “vapo” explodiu de vez após a vitória nos pênaltis sobre o Emelec – jogo seguinte ao contra o Botafogo. Depois de eliminar os equatorianos, Gerson fez o gesto enquanto dizia “Executamos os caras, vapo!“. A Nação se identificou, se apegou e agora o “vapo” disputa com a “força” de Gabigol o posto de comemoração preferida dos torcedores.

Por: Coluna do Fla
Publicidade
Publicidade

© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod