sábado, setembro 19, 2020
Início Notícias Gilmar Ferreira analisa desempenho dos cariocas na Rodada.

Gilmar Ferreira analisa desempenho dos cariocas na Rodada.

Gilmar
Ferreira – O Fluminense enfrentou o Avaí, fora com sua dupla ofensiva de 35 e
39 anos _ Ronaldinho e Magno Alves.
Perdeu!
O
Flamengo encarou a Ponte em Campinas escorado na força de astros de 31 e 35
anos _ Guerrero e Sheik.
Perdeu!
E o
Vasco recebeu o Joinville no Rio confiando em atacantes de 32 anos _ Dagoberto
e Herrera.
Empatou!
Nesta
fase da competição, a experiência já não é fator de desequilíbrio.
Ou
os clubes do Rio aprendem a utiliza-la, dosando seu uso, ou não farão mais do
que figuração.
Futebol
de competição é para quem tem vigor e energia.
PONTE PRETA 1 x 0 FLAMENGO.
Apesar
do maior volume, o Flamengo não conseguiu passar a impressão de ter o controle
absoluto do jogo em Campinas.
Perdeu
chances, acertou duas vezes o travessão, mas foi sempre um time arrastado, com
altos e baixos injustificáveis.
Perdeu
intensidade com a troca de Allan Patrick por Luís Antônio e caiu no final, como
vem acontecendo, também em função da queda de rendimento de Sheik e Guerrero,
atletas de 36 e 31 anos, respectivamente.
VASCO 0 x 0 JOINVILLE.
O
Vasco pagou caro mais uma vez por levar a campo seis jogadores com média de
idade acima dos 31 anos _ quatro deles entre meio e ataque.
O
jogo das 11h foi disputado sob sol forte e o time teve dificuldades para
penetrar no 4-1-4-1 do técnico PC Gusmão.
Ao
contrário, ofertou espaços e correu sérios riscos de perder.
No
final, com a juventude de Rafael Silva e Thalles, melhorou e criou chances.
Mas
sem estratégia. Celso Roth está perdido e lendo mal o momento do time.
AVAÍ 1 x 0 FLUMINENSE.
Um
gol meio acidental no início do jogo mudou as características de um confronto
que já se previa difícil.
Sem
a velocidade de Osvaldo o Fluminense perdeu velocidade.
Ronaldinho,
bem marcado, e Magno Alves, em má fase, sentiram o peso da idade (35 e 39 anos,
respectivamente) e o time perdeu intensidade.
Enderson
Moreira ainda tentou remoçá-lo (sic) com Wellington Paulista, de 31, no lugar
de Magno, mas não conseguiu mais do que lampejos…
SANTA CRUZ 1 x 0 BOTAFOGO.
Dos
tempos de René Simões, período em que liderou a Série B, o Botafogo guarda o
fato de ser ainda a de melhor defesa e o de melhor saldo de gols.
No
mais, pode-se dizer que o Botafogo é outro.
Perdeu
o equilíbrio, não tem mais a pegada na saída de bola do adversário e seu
desempenho ofensivo é pífio: fez apenas dois gols nos últimos sete jogos.
A
média de 2,5 gols por jogo caiu para 1,58.

MAIS LIDOS

Os pecados da diretoria na escolha do novo treinador

A diretoria rubro-negra logo que informada da saída de Jorge Jesus, deixou algo bem claro, gostaria de contar novamente com um estrangeiro. Tal decisão...

Opinião: Dias contados para Domenec no Flamengo

Uma derrota vexatória diante do Independiente Del Valle, uma atuação totalmente desinteressada e uma torcida que perdeu a paciência, esses e outros fatores apontam...

Jorge Jesus é relembrado por torcedores do Flamengo após goleada

Jorge Jesus marcou seu nome na história do futebol brasileiro e do Flamengo. Com cinco títulos na bagagem, o português deixou o Mais Querido...

Fla: Comentarista faz duras críticas à Domènec após goleada

A goleada sofrida pelo Fla na última quinta-feira (17), por 5 a 0, contra o Independiente Del Valle, do Equador, fez com que muitas...