01

O goleiro Diego Alves vem a público falar sobre a última derrota

Logo após a derrota ao Atlético Mineiro, por 2 a 1, o goleiro Diego Alves lamentou os gols consecutivos e disse que a falta de concentração foi o fator decisivo para a derrota do Flamengo nesta quarta-feira (07).

O capitão destacou que o Rubro Negro vem sofrendo com cortes de energia durante a partida, e disse que se a equipe quer vencer o campeonato nacional pela terceira vez consecutiva, ainda há muitas áreas a melhorar.

“Fico mais triste pelos quatro minutos em que levamos dois gols. O jogo tem de ser de 90 minutos intensos e concentrados. Perdemos o jogo em quatro minutos, isso já vem de alguns jogos. Tem de ser corrigido. Perdemos três pontos, mas ainda tem muito Brasileiro”, começa falar ao Premiere.

“A gente convive com a pressão externa, a gente tenta não ser afetado. Sabemos a pressão que é vestir essa camisa, mas temos de melhorar muitas coisas para atingir nossos objetivos. Temos de saber reconhecer quando a gente perde.”, complementa o mesmo.

Galo matou o jogo antes dos 10 minutos do segundo tempo — Foto: Fernando Moreno/AGIF
Foto: AGIF

Na próxima rodada, o Flamengo enfrenta a Chapecoense, no Maracanã, às 18h15 deste domingo (11). Por sua vez, o Galo joga um clássico contra o mineiro do América-MG, no Independência, às 19h de sábado (22h).

Diego Alves

Diego Alves Carreira, mais conhecido apenas como Diego Alves, é um futebolista brasileiro que atua como goleiro. Atualmente, joga pelo Flamengo.

Em 25 de setembro de 2016, se tornou o recordista de pênaltis defendidos na história do Campeonato Espanhol.  Ao evitar o gol no pênalti de Alexander Szymanowski, do Leganés, ele ultrapassou Andoni Zubizarreta como o maior pegador de penalidades da história do torneio, com 17 defesas (em 39 cobranças), contra 16 (em 107 cobranças) do ex-jogador do Barcelona.


© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod