Ads

O Flamengo identificou uma grande falha no elenco. Após várias temporadas no Fla, o veterano Diego Alves não tem mais a mesma condição técnica e física, situação que o transforma em um desfalque constante, além de não ser mais tão seguro no gol.

O nome da vez que está sendo especulado no Flamengo é o goleiro Santos, do Athletico-PR. Porém, para contratá-lo não vai ser fácil e nem barato. O time do Paraná está pedindo 3,5 milhões de Euros, cerca de R$ 20 milhões na cotação atual para liberá-lo.

O Flamengo pode não aceitar investir tanto dinheiro em um atleta de 31 anos. Nas redes sociais, vários torcedores indicam a contratação do goleiro João Paulo, do Santos.

Mauro Cesar cita dois erros de Paulo Sousa na final, mas avalia trabalho positivo do português na Supercopa

O Flamengo de Paulo Sousa perdeu na disputa de pênaltis para o Atlético-MG o título da Supercopa do Brasil 2022. O treinador português foi criticado por algumas decisões durante o jogo, que terminou em 2 a 2 no tempo regulamentar. Umas das reclamações da torcida, foi a entrada do veterano Diego Ribas no lugar do atacante Bruno Henrique quando o rubro-negro ainda estava vencendo por 2 a 1. Para o jornalista Mauro Cesar Pereira, do UOL, a críticas sobre Paulo são válidas e explica o porque.

Durante o “Posse de Bola”, Mauro Cesar Pereira revela que Paulo Sousa precisa entender que o Diego de hoje em dia não tem nada haver com o jogador que um dia ele viu atuar no futebol europeu, hoje, ele não dá mais ritmo ao jogo e muda pouca coisa quando está em campo. Apesar disso, Mauro avalia todo o trabalho do técnico português na Supercopa como positivo.

“Paulo Sousa cometeu dois erros. O primeiro foi colocar o Diego, se ele não entendeu ontem não vai entender nunca mais que o Diego à disposição não é mais o jogador que ele viu jogar na Europa em diferentes clubes, é outro Diego, veterano, que não dá ritmo no jogo. Até entendo a intenção, fortalecer o meio de campo, mas a escolha foi ruim, o Vitinho, que entrou bem no jogo depois, seria a melhor opção.”

Outro erro destacado por Mauro Cesar tem relação com o fato de Gabigol não ter cobrado o pênalti decisivo nas cobranças alternadas. Para o jornalista, a decisão deveria partir do treinador.

“O outro erro grave foi não definir quem vai bater os pênaltis, discordo da explicação dele na coletiva, essa decisão tem que ser do técnico. Mas no geral o Paulo Sousa foi bem, e a coletiva foi ótima, ele tocou em pontos nevrálgicos do Flamengo como essa falta de “fome”, de humildade, da fragilidade emocional do time em momentos decisivos”.

“Ele foi muito claro e achei isso legal, alguém está percebendo que as coisas precisam ser ajustadas e esse é o momento, início de temporada”.


© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod