Grama do Maracanã precisa de 30 dias para ser recuperada.

Por: Fla hoje

Imagem: REUTERS/Nacho Doce

RODRIGO
MATTOS
: Em meio ao imbróglio em torno do abandono do Maracanã, há uma crescente
preocupação com o estado do gramado por conta do aspecto todo amarelado
mostrado nas fotos aéreas. Mas uma avaliação preliminar da empresa Greenleaf é
de que o campo pode ser recuperado em um prazo de até 30 dias. Isso, óbvio, se
o trabalho no campo não demorar para começar.

Assim
como o restante do estádio, o gramado do Maracanã não está recebendo nenhum
tratamento no momento. Isso porque a Greenleaf não recebe da concessionária
Maracanã (Odebrecht) que se recusa a reassumir o estádio, apesar de ter uma
ordem judicial neste sentido.
Mas um
funcionário da Greenleaf entrou recentemente no estádio para pegar equipamentos
da empresa. Por lá, ele avaliou o estado do campo, e constatou que o dano era
menor do que o esperado.
Segundo
o seu exame, a grama não estava morta, estava apenas amarelada pela falta de
cuidado. Ou seja, não seria necessário um replantio integral que levaria mais
tempo. Até porque o gramado atual é recente, plantado em novembro, e portanto
só morreria se houvesse um acidente.
Para a
Ferj (Federação de Futebol do Rio de Janeiro), a empresa informou que o prazo
inicial de recuperação seria de 45 dias, mas que isso poderia ser facilmente
reduzido para um mês em condições ideias. Para a concessionária, a empresa deu
uma avaliação mais otimista: disse que o prazo máximo seria de 40 dias, e o
mínimo de 20 dias. Consultada, a Greenleaf confirmou a informação de que o
campo pode ficar pronto em um mês.
Ou
seja, se fosse pelo gramado, o Maracanã poderia ser recuperado ainda para as semifinais
da Taça Guanabara, e certamente estaria pronto para jogos da Libertadores do
Flamengo em março.
Uma
outra preocupação maior é em relação à segurança da cobertura. A Concessionária
alega não ter recebido um laudo do Comitê Rio-2016 atestando se houve dano na
cobertura. O comitê informou já ter entregue o documento.
Pior
do que isso é a resolução do imbróglio jurídico e político em relação à gestão,
mesmo que provisória, do estádio. A Odebrecht se recusa a cumprir o mandato
judicial. A Ferj não sabe os custos do estádio tanto que adiou uma reunião
entre os clubes para tratar do assunto. O Flamengo, potencial interessado em
gerir a arena, também não sabe o tamanho dos custos. Esse tipo de trava é o
maior empecilho para iniciar a recuperação do campo do estádio em si.

MAIS LIDOS

Tudo normal: Diego Alves tira onda após mais um titulo do Mengão

O Flamengo foi campeão após uma temporada muito irregular. O Internacional chegou a ficar disparado na ponta da tabela do Brasileirão, entretanto, o Rubro-negro...

Denílson não deixou barato. Ele colocou uma máscara do Gabigol e aloprou a Renata Fan

O Flamengo jogou na noite desta quinta-feira diante do São Paulo, em jogo válido pela 38ª e última rodada do Campeonato Brasileiro. O Rubro-negro...

”Cabo, Flamengo é campeão”: Reação desesperada do torcida do Inter com titulo do Mengão

O Flamengo jogou na noite desta quinta-feira diante do São Paulo, em último jogo do Campeonato Brasileiro. O Rubro-negro carioca não jogou nada bem...

Põe no DVD: Patrick chora muito com titulo do Mengão; torcida do Fla tira onda

O Flamengo é novamente  campeão brasileiro. Após um ano difícil, com a pandemia e a saída e contratação de treinadores, o Rubro-negro conseguiu uma...