Guerrero no Flamengo!!

Por: Fla hoje

Flamengo
Em Foco – Guerrero entrou confiante no salão principal, confortável no papel de
protagonista, o que dado o perfil atual dos jogadores do elenco foi
reconfortante. Vestiu o manto ciente da responsabilidade que carregava e não
demonstrou sentir o peso, apesar de ainda escorregar no português, o tom das
respostas era firme, de quem sabia o que falava e não de quem havia sido
orientado a dizer algo.

A
primeira pergunta foi sobre a decisão de jogar amanhã, na resposta Guerrero
deixou claro que sabia do momento difícil pelo qual o time passa e que estava
ali para ajudar. Aliás, deu a melhor justificava possível para entrar em campo
o quanto antes: buscar entrosamento com os novos companheiros.
Entrosamento,
entrega, dar o sangue, se unir ao grupo
Essas
palavras compõem o mantra repetido em boa parte das respostas, mostrando que o
jogador chega focado, ciente de que precisará dar 110% em campo em todos os
jogos para justificar a confiança da diretoria, demonstrada no alto
investimento feito, mas também alerta que precisará de tempo para se entrosar
com o time e saber os melhores espaços que ocupar nas diversas situações de
jogo.
As
perguntas se dividiram em três grupos, algumas repetitivas, que falavam sobre o
clube e a torcida, as que questionavam sobre o time e o que esperava fazer em
campo e as feitas por repórteres estrangeiros e falavam da seleção.
Sobre
o entrosamento, disse que com Emerson Sheik não haveria problema após anos
jogando juntos, porém precisaria de tempo com restante do time, mas que estava
otimista. Elogiou o elenco jovem e rápido, dando ênfase no quanto achava o
grupo qualificado e dizendo conhecê-los principalmente por enfrentá-los nesses
anos atuando no Brasil.
Na
tentativa de arrancar uma declaração polêmica, perguntaram sobre como seria
sair de um time com a 2ª maior torcida do Brasil e se unir ao time com a maior
torcida do Brasil e Guerrero não se mostrou interessado em falar do ex-clube.
De modo inteligente focou a resposta no Flamengo, dizendo que havia pesquisado
um pouco sobre o clube e sua história e afirmou que o Flamengo possuía a maior
torcida do mundo baseado em estudos estatísticos, mostrando que não estava
“jogando pra galera” como os jogadores costumam fazer.
Quando
perguntado sobre como se sentia com a expectativa da torcida que o via como um
salvador, saiu pela tangente e disse que era um grande jogador se juntando a um
time com grandes jogadores que possuíam o objetivo de saírem dessa situação
desconfortável e alcançarem vitórias e objetivos importantes. A exaltação do
grupo em vários momentos da entrevista mostra que é um jogador de grupo, que
não se exime da responsabilidade, mas não procura causar polêmica e se pôr em
posição destacada, vestindo a “carapuça” de craque do time.
A Experiência – Falando um pouco sobre a
cobertura
Hoje
estive pela primeira vez na sede do Flamengo para cobrir a apresentação do
Guerrero. Pisar na calçada em frente à entrada já é algo único, que te
transporta para outro mundo, principalmente quando você começa a subir a escada
rubro-negra olhando para Zico te recebendo de braços abertos.
Infelizmente,
não estava com muito tempo e não pude conhecer o museu, a loja é enorme e
certamente muito tentadora. Recomendo a todos os torcedores de fora do Rio de
Janeiro que estiverem de férias na cidade a passarem por lá com tempo para
conhecer a Gávea e fazer algumas compras na loja.
Todos
os funcionários foram atenciosos ao darem informações, o pessoal da comunicação
deu atenção especial aos sócios-torcedores presentes, inclusive às crianças.
Membros da imprensa tentaram registrar bastante disto enquanto aguardávamos o
início da apresentação, principalmente o desenho que o pequeno Nicolas havia
levado para entregar ao Guerrero.
No
fim, soube pela minha irmã, que aguardava do lado de fora, que uma delegação de
futebol de crianças peruanas foi barrada na portaria do clube. Mesmo alegando
que Guerrero os conhecia, não conseguiram entrar e o grupo se dirigiu a saída
da garagem para tentar falar com o jogador por uns momentos. Após um tempo de
espera, vimos um funcionário do clube aparecer autorizando as crianças a entrar
e falar com o jogador na garagem, deixando-as felizes e seus pais decepcionados
do lado de fora, principalmente pelo jogador ter saído por outro lugar.
Náyra
M. Vieira

MAIS LIDOS

Galhardo responde Gabigol após provocação

O Flamengo ganhou o titulo do Campeonato Brasileiro na última quinta-feira, em jogo válido pela ultima rodada do Campeoato Brasileiro. O Rubro-negro ganhou o...

Tudo normal: Diego Alves tira onda após mais um titulo do Mengão

O Flamengo foi campeão após uma temporada muito irregular. O Internacional chegou a ficar disparado na ponta da tabela do Brasileirão, entretanto, o Rubro-negro...

Denílson não deixou barato. Ele colocou uma máscara do Gabigol e aloprou a Renata Fan

O Flamengo jogou na noite desta quinta-feira diante do São Paulo, em jogo válido pela 38ª e última rodada do Campeonato Brasileiro. O Rubro-negro...

”Cabo, Flamengo é campeão”: Reação desesperada do torcida do Inter com titulo do Mengão

O Flamengo jogou na noite desta quinta-feira diante do São Paulo, em último jogo do Campeonato Brasileiro. O Rubro-negro carioca não jogou nada bem...