segunda-feira, setembro 28, 2020
Início Notícias Guerrero ou Vizeu?

Guerrero ou Vizeu?

Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

GOAL: Este
ano o técnico Muricy Ramalho ganhou uma opção com as boas entradas do jovem
atacante Felipe Vizeu. Destaque da Copinha, o atleta formado na base se tornou
reserva imediato do Paolo Guerrero. A torcida já começa a tratar a promessa
como novo xodó e pedi-lo no time titular. Entramos na polêmica e apresentamos
agora um raio X detalhado de cada um.

Felipe Vizeu
Com 19
anos e 1,84m, tem como principal característica a presença na área. O mapa de
calor, que revela a movimentação em campo, mostra que Vizeu participa mais pelo
centro da área, por vezes caindo pelo lado direito. Durante a temporada o
atacante jogou 209 minutos em três torneios, sendo duas vezes como titular e
quatro saindo da reserva.
Ao
todo foram três gols. Sendo dois dentro da grande área em jogadas iniciadas
pela direita, com um deles de cabeça e outro em rebote. Seu primeiro tento saiu
de mais uma bola que sobrou em jogada da esquerda, mas agora dentro da pequena
área. Todos com a perna esquerda. Os dados mostram como o jovem aproveita as
oportunidades como um centroavante clássico.
Nesse
período foram quatro finalizações certas e cinco erradas, com uma média de um
gol a cada três. Ficou duas vezes impedido, recebeu cinco faltas e cometeu
apenas duas. Sua presença defensiva é mais restrita ao campo de ataque.
Paolo Guerrero
O peruano
de 32 anos e 1,85m, apresenta uma versatilidade maior. Seu mapa de calor mostra
forte movimentação pelos lados ofensivos, principalmente na direita, de onde
saiu a maioria dos gols em 2016. Também há participação na defesa, voltando
para ajudá-la. Foram 1064 minutos em campo (cinco vezes mais que o jovem) com
12 presenças, sendo todas como titular e substituído em duas ocasiões.
Foram
seis gols. Quatro deles dentro da área, sendo dois em jogadas pela direita, um
pela esquerda e outro em lance individual. Outros dois foram de fora da área,
um com passe da direita e outro em jogada individual. Três saíram de chutes com
a perna direita, um com a esquerda e dois de cabeça. Os números mostram maior
presença em várias partes do ataque.
Ao
todo foram 17 finalizações certas e 15 erradas, média de um gol a cada cinco.
Nesse período ficou impedido 16 vezes, prova de como às vezes fica isolado.
Cometeu 35 faltas, desarmou quatro vezes, sofreu 22 faltas e recebeu quatro
cartões amarelos.
Todos
esses dados mostram que Guerrero continua sendo peça chave no time, mas que o
jovem Vizeu merece atenção e que tem uma forte presença ofensiva. Cabe à
torcida ter paciência e apoiar ambos.
Por
Bruno Guedes

MAIS LIDOS

Dome se diz “extremamente orgulhoso” da atuação do Fla após empate

Ausente no empate em 1 a 1 diante do Palmeiras, na tarde deste domingo (27), Domènec Torrent, afastado por estar infectado pelo novo coronavírus,...

Torcida do Palmeiras pede a cabeça de Luxa após empate; veja os comentários

O Flamengo entrou em campo na tarde deste domingo, diante do Palmeiras, no Allianz Parque. O Rubro-negro viu o time paulista abrir o placar, entretanto,...

Jordi Guerrero rasga elogios a Base do Fla: “Estavam preparados para jogar”

Jordi Guerrero, substituto de Domènec Torrent na tarde deste domingo diante do Palmeiras, onde a equipe saiu de campo com um empate em 1...

Lincoln cutuca o Palmeiras após grande atuação

O Flamengo entrou em campo na tarde deste domingo, em jogo contra o Palmeiras. O confronto pelo Campeonato Brasileiro por pouco não saiu do...