Ilha vs Maracanã: Lucro do Flamengo dobra e despesas caem 18%.

Torcida Organizada do Flamengo na Ilha do Urubu – Foto: Alexandre Loureiro/Getty Images

CHUTE
CRUZADO
: Com apenas quatro jogos na Ilha do Urubu, o Flamengo pode ter certeza
de que escapar do Maracanã foi um bom negócio. Ao menos financeiramente. Em
2017, o clube mandou sete jogos no palco das finais de Copa do Mundo de 1950 e
2014. O resultado é de queda proporcional de 18% das despesas e mais do que o
dobro do lucro (de 16,4% para 35%) diante das rendas brutas acumuladas em ambos
estádios.

Nos
sete jogos no Maracanã, a renda bruta acumulada foi de R$ 17,2 milhões. Deste
total, 13,2 milhões – cerca de 77% – foram para cobrir despesas. O Flamengo
colocou no bolso apenas R$ 2,8 milhões – aproximadamente 16%. Com capacidade
reduzida, a Ilha do Urubu, com o mesmo padrão de ingressos salgados para o
bolso do torcedor, a renda bruta chegou a R$ 3,7 milhões nas quatro partidas.
R$ 2,2 milhões – 58% – foram gastos com despesas. O clube embolsou, limpo, já
descontadas inclusive as penhoras, R$ 1,3 mi – ou 35%. Um salto em relação ao
Maracanã.
Caso a
proporcionalidade seja momentaneamente desconsiderada e a análise seja feita
sobre os números totais, a impressão é de que a diferença é ainda maior. O
Maracanã, por exemplo, teve média de despesas de quase R$ 1,9 mi por partida. A
Ilha, por sua vez, tem custo até momento de R$ 552 mil por jogo. Ou seja: os
valores exigidos no Maracanã são quase três vezes e meia maiores do que num
estádio de menor porte, como a nova casa rubro-negra. Apenas para reativar o Maracanã,
em março, para a estreia na Libertadores, contra o San Lorenzo, o Flamengo
gastou R$ 1,7 mi em infra-estrutura.
Em um jogo longe do Maracanã, Flu tem
despesa 3,5 vezes menor
Mesmo
com um contrato que, na teoria, aliviaria mais os cofres com o aluguel fixo em
R$ 100 mil, o Fluminense foi mais um clube a fugir do Maracanã. Depois de
seguidos prejuízos, interrompidos apenas no Fla-Flu, o Tricolor mandou seu jogo
na última rodada do Brasileiro, segunda-feira, contra a Chapecoense, em Edson
Passos. De novo, colecionou prejuízo, de R$ 7 mil. Mas a queda foi grande nos
custos.
Como o
clube não divulgou o borderô da partida contra a Universidad de Quito, pela
Copa Sul-Americana, a comparação pode ser feita no confronto com o Grêmio, pelo
Brasileiro. Na ocasião, o Fluminense, com cerca de dez mil pagantes, teve gasto
com despesas de R$ 609 mil no Maracanã. O prejuízo foi grande: R$ 292 mil. Em
Edson Passos, os tricolores tiveram cerca de seis mil pagantes. As despesas da
partida, no entanto, foram bem inferiores: R$ 169 mil. Certeza de volta ao
Maracanã, por enquanto, apenas uma para a dupla Fla-Flu: no segundo turno do
Brasileiro, após acordo firmado de que os dois clássicos seriam disputados no
estádio, com divisão igualitária entre ambos.
MARACANÃ X ILHA DO URUBU
No Maracanã – 7 jogos (em R$)
Custo
Operacional: 2.771.978,70 / Média: 395.996,957
Despesas
gerais: 13.266.536,10 / Média: 1.895.219,44
Renda
bruta: 17.246.480 / Média: 2.463.782,86
Renda
clube: 2.840.860,88 / Média: 405.837,269
Na Ilha – 4 jogos (em R$)
Custo
operacional: 733.170,12 / Média: 183.292,53
Despesas
gerais: 2.211.157,57 / Média: 552.789,39
Renda
bruta: 3.766.397 / Média: 941.599,25
Renda
clube: 1.321.953,52 / Média: 330.488,38

Por: FlaHoje

MAIS LIDOS

SBT divulga chamada para jogo do Flamengo na Liberta; Assista

O Flamengo terá pela frente um grande jogo de futebol marcado para essa terça-feira, com transmissão do SBT. Um dia após completar um ano...

Com medo do Fla, Globo toma medida desesperada para concorrer com o SBT

A Globo traçou sua estratégia para competir com o jogo do Flamengo diante do Racing pela Libertadores. A partida será transmitida pelo SBT e...

Problema recorrente: Flamengo lidera estatísticas de chances perdidas

Na partida do último sábado diante do Coritiba, uma das maiores reclamações da torcida do Flamengo se deu ao número de chances reais de...

Com bom retrospecto contra argentinos, Flamengo chega confiante na Libertadores

O Flamengo começa sua caminhada na fase de mata mata da Libertadores amanhã, diante do Racing da Argentina. Se o futebol apresentado pela equipe...