01
  • Início
  • Notícias
  • Início de Ceni no Flamengo tem números piores que com Dome

Início de Ceni no Flamengo tem números piores que com Dome

A expectativa ao redor do trabalho de Ceni no Flamengo era alta. Considerado o melhor treinador brasileiro no país, o treinador veio do modesto Fortaleza, transformado em campeão por Ceni, com “status” de solução ao trabalho do anterior treinador, Domenec. Em meio a tantas críticas ao catalão e a falta de compreensão dos jogadores com o seu trabalho, a expectativa de um time novamente competitivo com um treinador nacional e que entende o elenco, era alta. Porém, os resultados não condizem com a expectativa. Enquanto os jogadores dizem gostar do trabalho de Rogério Ceni, o que se vê em campo é muito pouco. Assim, desde que Ceni chegou foram dez partidas. O aproveitamento por fim, foi de 4 vitórias, 4 derrotas e 2 empates. Aproveitamento de 53,3%, sem dúvida abaixo do que se espera. Por outro lado, Domenec conseguiu em seus 10 primeiros jogos, 5 vitórias, três derrotas e dois empates. Ou seja, teve aproveitamento de 56,67%. Vale destacar que Dome passou por situação bem mais complexa, ao perder o time titular praticamente todo pelo surto de covid. Nesse sentido Rogério não tem do que reclamar, já que não teve nenhum problema do tipo. Além disso, nos últimos jogos, tem tido o elenco praticamente todo a disposição. Pesa contra Rogério também as eliminações na Copa do Brasil e Libertadores

Comparação não serve para “aliviar” Dome

Obviamente que as comparações não servem como parâmetro se o objetivo é defender o trabalho do catalão. Dome foi muito mal no comando do Flamengo. Perdeu o elenco, não conseguia transmitir suas ideias de jogo, pecava no sistema defensivo e também em decisões na escalação e substituição. Porém, os dados apresentados servem para destacar que o trabalho de Ceni até aqui consegue apresentar resultados piores que os de Dome, mesmo que em condições consideravelmente melhores. Portanto, deve ficar para o torcedor e a diretoria a reflexão do que Ceni fez até aqui e o que ele deverá fazer nos próximos jogos para de fato, ser considerado um treinador capaz de treinar o time em 2021. Rogério tem trabalho a fazer e competência a ser provada. Leia também: Pedro Rocha termina sua passagem pelo Flamengo e se despede Veja também: Em mais uma grande exibição, Flamengo vence o Mogi por 87 a 56 pelo NBB

© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod