domingo, setembro 20, 2020
Início Notícias Irmão de Adriano Imperador celebra parceria: "Ele é meu pai"

Irmão de Adriano Imperador celebra parceria: “Ele é meu pai”

Foto: reprodução/instagram

EXTRA
GLOBO
: Ele já é chamado na imprensa de “Imperadorzinho”. E não é algo que o
incomode. Mas Thiago Ribeiro, irmão de Adriano, o Imperador, quer trilhar o
próprio caminho.

“É
legal porque foi um nome que meu irmão conquistou, mas eu preciso lutar muito
para conquistar esse nome também. Acho que estou muito novo ainda para ser
chamado assim”, pondera o jogador, que acaba de conquistar seu primeiro título
no Dallas Cup, torneio da categoria sub-18, pelo Cedar Stars Academy, de Nova
Jersey, onde estuda.
Adriano,
claro, ficou orgulhoso do mano mais novo. Aos 17 anos, Thiago mora nos EUA há
nove meses. Começou a treinar no Flamengo ainda novo. Ainda mais novo
participava das peladas na Vila Cruzeiro, onde nasceu.
“Eu
via meu irmão jogar desde pequeno e minha família toda sempre foi envolvida com
futebol , minha mãe e minhas tias jogavam futebol na comunidade onde a gente
morava, então minha família toda gosta”, aponta Thiago.
A
relação com Adriano extrapola a de irmão. O jogador é praticamente o pai de
Thiago.
“Ele é
meu pai. A gente sempre se fala, sempre um cuidando do outro”, conta ele, que
tenta seguir os conselhos do irmão mais velho:
“Ele
fala para eu seguir o que o meu coração mandar, lutar pelos meus objetivos e
sempre ser humilde e lembrar de onde a gente veio. Ah, e fala para eu chutar
mais a gol também. Ele acha que dou muita assistência”.
Assim
como Adriano na Itália, tem aqueles dias em que Thiago se sente sozinho. Mas
ele encontrou uma família brasileira para acolhê-lo.
“Aí
nos fins de semana a gente se reúne para fazer churrasco, boto um pagode,
comemos e brincamos. Diminui a saudade que eu sinto da família e dos amigos”,
descreve.
Saudade
ele também tem das baladas. Se nos campos ele tem a quem puxar, na vida social
também. Prestes a fazer 18 anos (em julho), Thiago não vê a hora de poder
dirigir.
“Quero
ter mais independência”, justifica ele, que quando morava na Barra da Tijuca,
na Zona Oeste do Rio, costumava sair todos os fins de semana: “Minha mãe levava
e me buscava. Mas às vezes ia para a casa do meu irmão e saía com ele, e ela
liberava numa boa”.
Atualmente
estudando numa escola católica so para meninos, Thiago acha até bom estar longe
das festas e afins. E deixa escapar que deixou algumas mocinhas apaixonadas no
Brasil.
“Acho
bom estar concentrado nos estudos e no meu futuro. Vim para os EUA para fazer
faculdade e ter um plano B”, diz ele, que dá um drible ao falar sobre seu
status de relacionamento: “Namorada de pedir em namoro e tal não tenho, não”.

MAIS LIDOS

Renato Gaúcho fala da goleada sofrida pelo Flamengo

O Flamengo está vivendo o seu pior momento na temporada. Após a saída de Jorge Jesus, o Rubro-negro investiu em Dome Torrent, entretanto, o...

Zagueiro do Del Valle revela pedido dos jogadors do Flamengo

O Flamengo foi humilhado pelo Del Valle na quinta-feira passada, em jogo da Libertadores da América. O Rubro-negro não viu a cor da bola e, por...

Entrevista de Marcos Braz não responde muita coisa

Marcos Braz deu sua entrevista coletiva neste sábado para falar sobre a derrota do Flamengo na quinta-feira e quais seriam as consequências dela. Mas...

Em coletiva, Braz banca permanência de Domenec

A tão aguardada coletiva de imprensa online de Marcos Braz na tarde deste sábado ocorreu a pouco, o tema principal, Domenec. Braz aproveitou a...