• Início
  • Notícias
  • J. Jesus descarta ‘rusga’ com Gomis por suposta provocação: “Manifestação de carinho”
Publicidade

J. Jesus descarta ‘rusga’ com Gomis por suposta provocação: “Manifestação de carinho”

Publicidade

A estreia do Flamengo no Mundial de clubes será contra uma equipe que Jorge Jesus conhece bem. O português treinou o Al-Hilal e foi quem montou a base do time da Arábia Saudita. Na véspera do confronto, o Mister elogiou bastante o romeno Razvan Lucescu, técnico que irá enfrentar no primeiro compromisso em Doha, no Catar.

– Está fazendo um bom trabalho no Al-Hilal. É um treinador que foi campeão na Grécia, certamente teve um grande professor (o pai dele). Portanto, ele foi escolhido para treinar o maior clube árabe, pois lá não há nenhuma equipe como o Al-Hilal. Ele está fazendo um ótimo trabalho.

O Al-Hilal venceu o Esperánce, da Tunísia por 1 a 0 nas quartas de final, e a cena que chamou atenção foi na comemoração do gol da classificação. Gomis balançou as redes já no segundo tempo e foi festejar na direção onde a delegação do Flamengo estava. O que poderia parecer uma provocação, foi uma homenagem ao técnico Jorge Jesus, que explicou a relação com o camisa 18.

FOTO: REUTERS

– A manifestação do Gomis não foi nada, foi manifestação de carinho. Eu fui treinador dele e jantei com ele algumas vezes. Ele fez o gol e foi dedicar a mim. O sentido do Gomis não foi provocar nem os jogadores e nem a equipe do Flamengo. Ele é um grande profissional e tem uma cultura acima da média.

Após a partida, Gomis falou sobre o acontecido e mostrou muita gratidão enquanto falava do Jorge Jesus. O atacante francês é um dos principais nomes do Al-Hilal e revelou que o Mister é como se fosse um pai para ele. Os dois se reencontram neste terça-feira (17), às 14h30 (horário de Brasília), para disputarem uma vaga na decisão do Mundial.

Por: Coluna do Fla

Publicidade
Publicidade

© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod