quarta-feira, setembro 23, 2020
Início Notícias Jeep ignorou Clubes pernambucanos para patrocinar o Fla.

Jeep ignorou Clubes pernambucanos para patrocinar o Fla.

Diário
Pernambucano – Anunciada em 2010, a fábrica da Fiat, em Goiana, previa um
investimento de R$ 3 bilhões e 3,5 mil empregos. Quase cinco anos depois, a
inauguração num cenário ainda melhor, com um aporte de R$ 6 bilhões e 5,3 mil
empregos gerados, com a fábrica já especificada com a marca Jeep, um dos
tentáculos da multinacional criada em 2014, a Fiat Chrysler Automobiles (FCA).

O
primeiro modelo produzido é emblemático, o Renegade. Quando a operação da
planta chegar ao pico, a expectativa é de 10 mil pessoas empregadas. O número
faz parte da projeção do produto interno bruto de Pernambuco, que deve dobrar
até o fim desta década, batendo na casa de R$ 140 bilhões, incluindo o
desenvolvimento em Suape.
Agora,
o futebol. Nesse tempo todo, dirigentes de Náutico, Santa Cruz e Sport tentaram
estreitar a relação com a empresa, através de encontros em bloco com a direção
regional. Dentro da própria Fiat parecia (“parecia”) haver a ideia de que um
investimento nos três grandes clubes seria uma forma interessante de “marcar
espaço na região” – em 2010, houve uma articulação sobre uma cota de R$ 200
mil, não firmada. Não seria a primeira vez. Em 2003, a Fiat bancou o
patrocínio-master de Cruzeiro, Atlético-MG e América. Não por acaso, a
montadora tem uma fábrica em Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.
Voltando
a Pernambuco, a abertura da Jeep coincidiu com a notícia do novo patrocínio ao
Flamengo, inicialmente de R$ 4 milhões (barra traseira da camisa). A escolha
partiu para um claro viés nacional. Em termos de mercado, é até compreensível.
No entanto, caso os clubes locais sigam renegados, este será mais um exemplo de
um cenário já alertado, sobre a não reversão do crescimento econômico do estado
para o esporte. Nenhuma grande indústria que se instalou por aqui nos últimos
tempos se articulou para qualquer parceria.
No
texto publicado há quatro anos, o blog fez o seguinte questionamento: Inércia
dos clubes, falta de interesse das indústrias ou negociações arrastadas?
Considerando
a abertura do trio, talvez seja falta de interesse mesmo…

MAIS LIDOS

As notas da vitória do Flamengo em Guayaquil

Em partida complicada pela Libertadores o Flamengo conseguiu uma vitória super importante. Com gols de Pedro e Arrascaeta, o rubro-negro bateu o Barcelona de...

César é criticado pela torcida mesmo após vitória

Na noite desta terça-feira, o Flamengo jogou diante do Barcelona de Guayaquil, no Equador. O Rubror-negro foi a campo com diversos desfalques, inclusive no...

Primeiro tempo do Flamengo encanta Rubro-negros; veja os comentários

Se baseando na última atuação do Flamengo, onde o Rubro-negro simplesmente foi atropelado pelo Independiente del Valle, poucos flamenguistas acreditavam que o primeiro tempo...

Saiu a escalação do Flamengo contra o Barcelona SC

O Flamengo joga nesta terça-feira, em jogo válido pela quarta rodada da fase de grupos da Libertadores da América. O Rubro-negro carioca não poderá...