Jogador do Basquete Cearense defende Marcelinho após polêmica.

Por: Fla hoje

Foto: Reprodução/Instagram

GLOBO
ESPORTE
: O ala-pivô Tyrone rebateu as duras críticas feitas por Marcelinho após
a vitória do Flamengo sobre o Mogi das Cruzes, na noite da última terça-feira,
pelo NBB. O ala rubro-negro acusou o americano de ter “jogado sujo”
em um lance no início do terceiro quarto, no qual o atleta do Mogi acaba
pisando no tornozelo do adversário (assista à jogada no vídeo acima). Tyrone,
que havia optado por não se manifestar depois da partida, deu sua versão nesta
quarta-feira e se defendeu sofre o ocorrido.

– Eu
jogo duro. Não faço jogo sujo. Não brigo ou dou soco durante o jogo. Isso se
chama basquete. É um jogo de contato. Quem não quer isso faz outro esporte ou
se aposenta. Jogo esse esporte há 20 anos e nunca vi ninguém chorar tanto de
contato – disse Tyrone, por meio da assessoria de imprensa do Mogi.
A
jogada aconteceu logo depois do intervalo, quando Marcelinho tentava o
arremesso de dois pontos e é atingido no tornozelo esquerdo por Tyrone. O lance
gerou confusão e interrompeu o jogo por alguns minutos. O fisioterapeuta do
Flamengo e irmão de Marcelinho, Ricardo Machado, se revoltou, teve de ser
contido pelos companheiros de comissão técnica e foi desqualificado. A
arbitragem não deu falta de Tyrone e assinalou duas faltas técnicas contra a
equipe carioca, uma sobre Marcelinho e outra sobre o banco de reservas.
Duda Machado também critica Tyrone
Quem
também entrou na polêmica foi o outro irmão de Marcelinho, o ala-armador Duda
Machado, do Basquete Cearense. Em sua conta em uma rede social, ele criticou
Tyrone.

Quantas vezes vamos ver esse tipo de atitude do mesmo “atleta”?! Quantas vezes
vamos ver jogadores profissionais e de caráter se machucarem por causa de
pessoas assim?! Absurdo mais uma vez a mesma coisa se repetindo e de que
adianta a gente falar se quem tem que fazer alguma coisa não faz nada! –
escreveu Duda.
Duda
Machado ainda disse que, há dois anos, teve de passar por duas cirurgias no
punho esquerdo por causa de Tyrone. Ele ainda lembrou incidentes anteriores do
americano do Mogi com o armador Davi Rossetto, do Basquete Cearense, e o
ala-pivô Guilherme Giovannoni, do Brasília. Ele termina o texto pedindo que
“alguma coisa seja feita” para que os “atletas de verdade” tenham segurança
para realizar seus trabalhos.

MAIS LIDOS

Rafinha surpreende ao falar sobre Isla, titular do Flamengo

Rafinha está bem próximo de retornar ao Flamengo. O jogador deixou o Rubro-negro no mês de agosto do ano passado, quando foi para o...

Após vexame, Renato Gaúcho volta a falar do Flamengo e revolta torcedores

O Grêmio jogou na noite deste domingo diante do Palmeiras, em jogo válido pela final da Copa do Brasil. O time gaúcho não conseguiu...

Rei do Vexame: Renato Gaúcho vira alvo da torcida do Fla após vexame

O Palmeiras jogou na noite deste domingo diante do Grêmio, em jogo válido pela final da Copa do Brasil. O time paulista já tinha...

Abel Braga ainda reclama da arbitragem no jogo contra o Fla

Após vários trabalhos ruins seguidos, o técnico Abel Braga chegou sem muita expectativa no Internacional. Entretanto, ele conseguiu fazer um bom trabalho a seu...