Jornalista acredita que divergências políticas podem colocar Sampaoli como técnico do Flamengo

Apesar do ano vitorioso em 2019, a atual temporada começou de forma turbulenta na política do Flamengo. Nesta segunda-feira (06), Paulo Pelaipe, ex-gerente do Mais Querido foi desligado do clube, e Luiz Eduardo Baptista (mais conhecido como Bap) teria sido um dos responsáveis pela demissão.

Em seu blog no UOL, o jornalista Renato Maurício Prado acredita que a ‘guerra’ política do Flamengo pode resultar na troca de técnico. Internamente, o nome de Sampaoli é visto com bons olhos por Bap, que não descarta a contratação do argentino ainda no início desta temporada.

FOTO: JOÃO CARLOS GOMES / MYPHOTO PRESS

Após a demissão de Abel Braga, Luiz Eduardo Baptista não demonstrou satisfação, pois o mesmo ajudou a selar a chegada do ex-treinador ao Rubro-Negro. Em contrapartida, Marcos Braz foi um dos principais pilares da contratação de Jorge Jesus no segundo semestre.

Atualmente, Jorge Sampaoli está sem clube. O último trabalho do treinador ocorreu no Santos, onde terminou o Campeonato Brasileiro na segunda colocação. Mister, por sua vez, é considerado um dos principais treinadores do continente sul-americano, muito por conta da conquista da Copa Libertadores, e claro, do futebol propriamente jogado. O português chega ao Rio de Janeiro no dia 18 para dar continuação aos trabalhos.

Por: Coluna do Fla

O FlaHoje é um portal eletrônico de notícias voltado exclusivamente os torcedores do Flamengo. Nosso objetivo é mostrar as principais notícias com qualidade, rapidez e imparcialidade, focando notícias do nosso time favorito, o Rubro-Negro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.