• Início
  • Notícias
  • Jornalista cobra acerto com famílias de vítimas da tragédia no Ninho: “Não pode ser tratado como se fosse uma questão normal”
Publicidade

Jornalista cobra acerto com famílias de vítimas da tragédia no Ninho: “Não pode ser tratado como se fosse uma questão normal”

Publicidade

O jornalista Mauro Cezar criticou a postura do Flamengo e cobrou uma ação do Rubro-Negro para chegar a um acordo com as famílias das vítimas do incêndio que aconteceu no Ninho do Urubu. Apenas as famílias de Gedinho, Athila Paixão e o pai de Rykelmo entraram em acordo com o clube.

— Essa situação não pode ser resolvida como se fosse um processo judicial qualquer, calúnia, difamação. Você não consegue imaginar que dez garotos sobre a guarda de um clube, dormindo, vão passar pelo que eles passaram. Alguns sobreviveram e dez morreram. Então, da forma como isso passou a ser tratado, eu acho abjeta. Isso não pode ser tratado como se fosse uma questão normal. É um caso totalmente inédito, atípico. E no momento em que o Flamengo faz tantos investimentos em contratações, deveria de alguma forma procurar um acordo, as duas partes têm que procurar um acordo, até em respeito aos meninos.

Por: Coluna do Fla

Publicidade
Publicidade

© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod