Publicidade

Jornalista destaca empatia de Gabigol com os flamenguistas

Publicidade

A última temporada foi magnífica para Gabigol, seja pelos recordes ou títulos. Artilheiro do Brasil no ano, o atacante se caracterizou por conta da identificação com os rubro-negros e o faro impressionante de gol. No programa Seleção SporTV, Carlos Eduardo Lino, narrador da emissora, exaltou a empatia do atleta com os torcedores.

— Eu acho até que se pode contratar jogadores melhores que o Gabigol. Acho que você pode encontrar no mercado, e o Flamengo tem grana para procurar no mundo, jogadores que, tecnicamente, podem superar o Gabigol. Mas, a identidade que ele construiu com o torcedor do Flamengo, o que ele significa hoje, ninguém paga. Não tem ninguém, hoje, no mundo que possa substituí-lo. Ele virou um símbolo. A comemoração dele, o jeito dele de lidar com o torcedor.

FOTO: GIUSEPPE CACACE/AFP

Artilheiro da Copa Libertadores e autor dos gols da final do torneio, Gabigol recebeu mais um prêmio nesta semana: foi eleito o Rei da América pelo jornal El País. O atacante do Mais Querido também esteve presente na seleção da competição escolhida pela Conmebol.

2019 foi tão único, que Gabigol igualou a marca de Neymar, quando o atleta do PSG atuava no Santos, em 2012. O atacante do Rubro-Negro marcou 43 gols na temporada, sendo assim, conquistando o Prêmio Artilheiro do Ano (antigo Friedenreich).

Por: Coluna do Fla

Publicidade
Publicidade

© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod