• Início
  • Notícias
  • Jornalista foge de críticas ao trabalho de Jesus no Flamengo: “Só um mês de futebol brasileiro”
Publicidade

Jornalista foge de críticas ao trabalho de Jesus no Flamengo: “Só um mês de futebol brasileiro”

Publicidade

O Flamengo de Jorge Jesus retornou, depois de nove anos, às quartas de final da Copa Libertadores e segue na briga pelo título do Campeonato Brasileiro. Técnico há oito jogos, soma a mesma quantidade de vitórias e empates: são três. Foi sob o comando do português que o Rubro-Negro participou da maior goleada do Brasileirão e se tornou o melhor ataque do torneio. Analisando o intenso e ofensivo trabalho do comandante, Martín Fernandez entende que o mister ainda está se adaptando ao calendário brasileiro.

– É muito cedo para avaliar. Ele (Jorge Jesus) tem só um mês de futebol brasileiro e o mês de julho foi uma loucura para o Flamengo. Desde que o futebol recomeçou, após a Copa América, o Jorge Jesus não deu mais treino, só jogo atrás de jogo. Imagino que ele esteja sofrendo com o calendário insano do nosso futebol. O jogo contra o Bahia, por exemplo, o time claramente pagou o preço da decisão contra o Emelec. É muito cedo para fazer avaliação positiva ou negativa. O time tem uma maneira de jogar com muita intensidade e acho que vai dar certo com o tempo. Neste início é melhor do que pior -, avaliou.

FOTO: ALEXANDRE VIDAL / FLAMENGO

A estreia de Jorge Jesus não foi como o esperado – empatou com o Athletico na Arena Baixada e foi eliminado da Copa do Brasil nos pênaltis, no Maracanã. Pelo Brasileirão, o cenário foi o oposto e o Flamengo atropelou o Goiás, vencendo por 6 a 1.

O próximo desafio do mister é contra o Grêmio, no Maracanã. O Flamengo segue invicto como mandante no Campeonato Brasileiro. Se vencer, o Rubro-Negro chegará aos 27 pontos, se aproximando, ainda mais, do Palmeiras – atual segundo colocado.

Por: Coluna do Fla
Publicidade
Publicidade

© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod