• Início
  • Notícias
  • Jornalista não vê ‘noite carioca’ como problema para Balotelli no Flamengo: “As grandes cidades do mundo são pacatas?”
Publicidade

Jornalista não vê ‘noite carioca’ como problema para Balotelli no Flamengo: “As grandes cidades do mundo são pacatas?”

Publicidade

O Flamengo voltou a movimentar o mercado do futebol em busca de um atacante para o elenco, a pedidos do técnico Jorge Jesus. Entre muitos nomes especulados e contatados pelos dirigentes rubro-negros, Mario Balotelli é o principal alvo da cúpula do Mais Querido neste momento, para atuar no setor ofensivo ao lado de Gabriel Barbosa e Bruno Henrique.

As opiniões sobre a vinda de Balotelli ao Flamengo se diferem na imprensa brasileira. Alguns jornalistas avaliam como ruim a transferência do atleta ao futebol brasileiro, alegando que o perfil polêmico do jogador não dará certo no Rio de Janeiro. Para o jornalista Mauro Cezar, Balotelli não precisaria vir ao Brasil em busca de festas, pois existem lugares similares ao Rio de Janeiro no mundo.

““Esse aí no Rio de Janeiro… Não vai dar certo”. O velho clichê é utilizado por tantos toda vez que um jogador minimamente polêmico e/ou boêmio está por desembarcar no futebol carioca. Até parece que apenas o Rio de Janeiro reúne as chamadas “tentações”, com a mescla praia/noite, por exemplo. Quem ouve isso pode imaginar que as grandes cidades do mundo são pacatas, habitadas apenas por mórmons, monges, testemunhas de Jeová e Hare Krishnas. De Nova York a Istambul, passando por Londres, Berlim, Madri e Paris, todos sabem que noitadas, festas, músicas, álcool e sexo podem ser encontrados por jogadores (e baladeiros em geral) nas cidade ocidentais. Mario Balotelli ainda não está perto do Flamengo, mas ele não precisará vir para o Brasil se estiver em busca de novas aventuras.”

Por: Coluna do Fla

Publicidade
Publicidade

© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod