terça-feira, setembro 29, 2020
Início Notícias Jornalista vê Flamengo inoperante, inofensivo e conformado.

Jornalista vê Flamengo inoperante, inofensivo e conformado.

SPORTV
– O Flamengo chegou a ocupar um lugar no G-4 na 25ª rodada do Campeonato
Brasileiro, mas não conseguiu se manter na parte de cima da tabela e estacionou
na décima colocação, com 44 pontos, a seis rodadas do fim. Para o jornalista
Carlos Eduardo Eboli, da rádio CBN, a derrota para o Corinthians na 32ª rodada
mostrou um rubro-negro que não condiz com o que se espera do clube, o que ajuda
a explicar a queda na tabela.

– A
impressão que eu tive é o Flamengo, em determinados momentos, (pensava)
“Ah, ‘tá’ bom, perder de pouco é uma vitória”. Um time como o
Flamengo não pode se conformar a esse ponto. Houve uma queda muito grande de
rendimento, principalmente nos homens de meio-campo. O Flamengo não está
conseguindo fazer com que essa bola chegue até o Guerrero, ou até o homem de
frente. Isso faz com que também não tenha agressividade, o Flamengo é
absolutamente inofensivo e inoperante com a bola no pé – considerou, no
“Redação SporTV”.
Para o
jornalista Carlos Eduardo Mansur, do jornal “O Globo”, não se pode
considerar surpresa o fato de a equipe não ter conseguido se manter no G-4, no
entanto, ele acredita que o time tinha condições de estar em posição melhor na
tabela. Assim como Eboli, ele vê o isolamento de Guerrero como um dos
problemas.
– O
Flamengo precisava jogar no limite para manter aquela campanha. O Flamengo não
é o time das seis vitórias (engatou a sequência com a chegada de Oswaldo de
Oliveira) e também não é um time para um espiral de derrota que o jogue perto
do Z-4. É um time de meio-termo, mas que melhor organizado pode ter resultados
melhores – disse.
Diante
do Corinthians, na opinião de Mansur, o Flamengo voltou a mostrar um problema
recorrente, com Guerrero muito isolado na frente. Nada que não possa ser
corrigido, segundo o repórter.
– O
Flamengo ainda joga muito espaçado. Quando enfrenta um time como o Corinthians,
que os jogadores jogam próximos e tocam a bola com velocidade, isso fica
gritante. O Guerrero não está na melhor fase, mas é um jogador que joga
abandonado em uma parte longa do jogo. É comum ver o Guerrerro receber a bola
com três ou quatro adversários em volta sem ajuda. Isso é ainda uma
característica de um time em formação e um time que precisa evoluir
tecnicamente e taticamente – completou.
No
próximo domingo, às 17h, o Flamengo volta a campo para enfrentar o Grêmio na
Arena, em Porto Alegre.

MAIS LIDOS

Grupo City fica perto de contratar Lincoln

O Fla hoje possui uma das bases mais promissoras do futebol sul-americano. Ao longo dos últimos anos, vários atletas de muita qualidade técnica foram negociados...

Agente se revolta e não descarta a saída de Lincoln

O Flamengo mediu forças diante do Palmeiras, na tarde deste domingo, em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro. O time Rubro-negro foi a campo com...

Segundo Fábio Sormani, Flamengo usou de “laranja” para se beneficiar

Na tarde desta segunda-feira, o grande e responsável jornalista Fábio Sormani soltou mais uma daqueles declarações complicadas de se ingerir numa rede de televisão....

Presidente do Sport admite interesse em contratar atacante do Flamengo

O Flamengo possui uma das bases mais qualificados do futebol sul-americano. O Rubro-negro se acostumou a fazer grandes negócios com o mercado da Europa,...