Jornalistas opinam sobre Flamengo com Conca, Diego e E. Ribeiro

O
GLOBO
: Com a chegada de Éverton Ribeiro, têm início as especulações de como Zé
Ricardo vai definir a equipe titular do Flamengo. Para especialistas, a
titularidade de Diego, Éverton e Éverton Ribeiro é certa no meio-campo
rubro-negro. A entrada do novo reforço seria fundamental para suprir a carência
que hoje existe na direita. Conca aguardaria uma oportunidade no banco, assim
como o garoto Vinicius Júnior.
Comentarista
da Rede Globo, o ex-jogador Caio Ribeiro cogita duas opções para o técnico do
Flamengo: jogar com três meias atrás do atacante Guerrero ou uma escalação no
esquema 4-1-4-1, com um volante e quatro meias. O time titular teria Márcio
Araújo na contenção, Éverton Ribeiro pelo lado direito, Diego centralizado e
Éverton pela esquerda. A diferença é a presença de um outro volante ou de
Willian Arão ao lado de Diego no meio-campo.
— O
Flamengo tende a melhorar muito. Mas não acho que Conca entraria como titular,
pelo menos por enquanto. As pessoas projetam um time ideal e tiram todos os
volantes, pensando apenas no espetáculo. Mas é preciso pensar no esquema mais
competitivo — diz.
ESTRELAS CONTRA OS MAIS FRACOS
Lédio
Carmona, comentarista do Sportv, acredita que Rômulo possa voltar a ser o bom
jogador que foi no Vasco em 2011 e, assim, ganhar a posição de Márcio Araújo no
meio-campo. O jornalista diz que, caso Zé Ricardo queira contar com Diego,
Conca e Éverton Ribeiro como titulares, o time precisaria de tempo até armar o
esquema tático. Porém, contra adversários mais frágeis, o técnico poderia ousar
na escalação:

Teria que recuar o Éverton Ribeiro e colocá-lo ao lado do Diego, como segundo
jogador de meio-campo. Mas isso depende de muito treino e readaptação. Alguém
tem que marcar nesse time, como faz o Márcio Araújo. Mas dá para atuar os três
em um jogo mais fácil, contra uma equipe menos perigosa.

Carlos
Eduardo Éboli, comentarista da Rádio Globo/CBN, destaca que Conca está atrás
dos outros jogadores na disputa por vaga de titular, principalmente pela falta
de ritmo e confiança após a cirurgia no joelho que o deixou meses longe dos
gramados. Éboli afirma que, com os três craques juntos, o Flamengo ficaria
desprotegido, mas que ter mais marcação não significa encher o time de
volantes:

Conca é uma grande incógnita. Será que aquele meia campeão brasileiro pelo
Fluminense ainda existe? Essa é a pergunta que fica. Mas, se você tiver
jogadores bem orquestrados, com certeza haverá uma ocupação de espaço que por
si só já consegue bloquear o adversário. Quem tem a bola não é atacado.
CONCA E DIEGO DISPONÍVEIS
Júnior,
ex-craque e comentarista da Rede Globo, acha necessária a presença de jogadores
com boa marcação no meio-campo, como Márcio Araújo e Cuéllar. Para ele, o
sistema defensivo do Flamengo não tem funcionado e precisa de jogadores que
deem uma proteção aos zagueiros e liberdade aos meias ofensivos. Mas diz que
Éverton e Éverton Ribeiro são dinâmicos também sabem marcar quando preciso.
Ainda
sem Éverton Ribeiro, mas com Conca e Diego disponíveis, o Flamengo enfrenta o
Sport nesta quarta-feira, às 21h45m, em Recife. Guerrero e Trauco não jogam,
pois estão na seleção peruana.
Compartilhe

O FlaHoje é um portal eletrônico de notícias voltado exclusivamente os torcedores do Flamengo. Nosso objetivo é mostrar as principais notícias com qualidade, rapidez e imparcialidade, focando notícias do nosso time favorito, o Rubro-Negro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.