Juca Kfouri critica CBF por não liberar Arena para o Flamengo.

Por: FlaHoje
Rede nos gols da Arena da Ilha – Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

JUCA
KFOURI
: Domingo de manhã ensolarada, 31º em Volta Redonda, nada como matar a
saudade do futebol de várzea.

Pois
foi o que fizeram Flamengo e Botafogo durante todo o primeiro tempo, mas pela
quarta rodada do Brasileirão.
Não
satisfeita em prejudicar o campeonato que desorganiza ao não respeitar as datas
Fifa, a CBF desvende a qualidade do espetáculo ao marcar jogos às 11h em
cidades quentes.
Para
piorar, e aí a responsabilidade é do acaso, o Botafogo ainda perdeu Aírton,
certamente com séria lesão na perna.
E se
você acha que o clássico lotou o Estádio da Cidadania pode tirar o cavalo do
sol.
O
volta-redondense não prestigia os jogos nem em horários normais que dirá às
11h.
Com
capacidade para 18 mil torcedores, o estádio recebeu apenas 8.887 pagantes
A
várzea era tamanha que uma falta perto da área botafoguense logo no primeiro
minuto do segundo tempo demorou nada menos que três minutos para ser batida.
Aos 9,
enfim, uma primeira emoção, com Guerrero tendo a chance do gol e Gatito
Fernandez evitando.
A
torcida pediu e Diego entrou no jogo, aos 15 minutos, no lugar de Cuéllar.
Aos 17
foi a vez de Roger perder gol feito para o Botafogo.
Aos
20, outra vez o técnico Zé Ricardo ouve a torcida e põe o menino Vinicius
Júnior no lugar de Ederson.
Em
seguida foi a vez de Evérton perder gol feito.
Emoção
já tinha, porque na várzea também não faltam emoções e o menino de 16 anos
botou fogo no jogo e Diego passou a organizar o rubro-negro.
Pimpão
saiu e Joel entrou no Glorioso.
O
Flamengo era todo pressão e o Botafogo se defendia, em busca de um
contra-ataque.
Vinicius
Júnior acertou o travessão aos 39, num pecado dos deuses dos estádios que
evitaram o primeiro gol do garoto no time principal do Mengão.
O
Flamengo queria a vitória, não apenas manter a invencibilidade e trocou Arão
por Damião.
Mas
teve de se contentar com seu terceiro empate em quatro jogos, embora merecesse
mais.
Enquanto
isso, na Ressacada, o Sport dava sequência ao seu “pojeto Série B” e era
derrotado pelo Avaí, por 1 a 0, gol de Rômulo, aos 33 minutos de jogo, primeira
vitória catarinense, segunda derrota pernambucana em quatro rodadas, a segunda sob
o comando de Luxemburgo, depois que perdeu a vaga exatamente para o Botafogo
pela Copa do Brasil, jogo que cobrou o desgaste carioca no 0 a 0 em Volta
Redonda.

MAIS LIDOS

Flamengo x Junior ao vivo no SBT

O Flamengo joga na noite desta quarta-feira diante do Junior Barranquilla ao vivo no estádio do Maracanã. O confronto não tem grande importância para...

Paulinho é contrato por time do Espirito Santo

O Flamengo teve nomes que não se destacaram muito ao longo dos últimos anos. Entretanto, alguns atletas ficaram marcados de alguma forma com a...

Dirigente do Atlético-MG ataca Flamengo por posição na CBF

O dirigente do Atlético-MG, Lásaro Cândido, usou de suas redes sociais para reclamar (mais uma vez), de arbitragem. E mesmo que seu clube já...

Presidente do Inter detona escala do VAR no duelo contra o Fla

O Flamengo tem jogo válido pela Libertadores nesta quarta-feira, entretanto, como o Rubro-negro já está classificado e não tem mais chances de ser o...