Landim ameniza situação e nega problema sobre divisão de premiação

O clima nas ruas de Doha é de festa e, de acordo com Rodolfo Landim, nos bastidores é de concentração e foco absoluto. Neste sábado (21), horas antes do confronto mais importante da história rubro-negra nos últimos 38 anos, o portal Globo Esporte revelou um conflito entre jogadores e diretoria devido ao percentual de premiação destinado a cada funcionário do departamento de futebol. De acordo com as informações, 70% dos prêmios seriam divididos para o elenco e os outros 30% para o restante – a fração, porém, não teria agradado os dirigentes.

Contudo, Rodolfo Landim, presidente do Flamengo, explicou a situação com exclusividade ao canal ‘Rafla Mello’. O dirigente tranquilizou os torcedores e disse que o caso não gera impacto algum nos bastidores.

– Está tudo perfeito. Não existe discussão nenhuma com relação ao pagamento de jogador, nem de comissão técnica. Existe, apenas, uma discussão em relação a um critério de rateio entre os demais profissionais que fazem parte do futebol e a forma com que seria rateado por eles. Os critérios estão distintos, então, em função de tudo isso, preferimos refazer esses cálculos e ver se são esses números. Mas zero impacto em relação ao que já está definido entre jogadores e comissão. Não entendo esse tipo de discussão -, contou.

Ainda durante a exclusiva, o dirigente disse que o tema é apenas para ”levantar problema em cima da hora” e destacou a importância desta grande final contra o Liverpool.

– O pedido foi, inclusive, de Marcos Braz para que pagasse todo mundo de uma forma definitiva. Zero problema. É levantar problema em cima da hora, onde não existe. Os jogadores estão super focados, com vontade de ganhar e eles sabem da importância desse jogo na vida deles. Eles sabem a dimensão disso -, declarou.

O portal apontou que o combinado entre as partes envolvidas não foi cumprido. A premiação do Campeonato Brasileiro estava prevista para ocorrer até o dia 23, enquanto o pagamento da Libertadores deveria ter sido feito na sexta-feira (20) – Marcos Braz, no entanto, optou pela suspensão até que haja um acordo definitivo.

Flamengo e Liverpool decidem, pela segunda vez na história, o Mundial de Clubes. O jogaço está previsto para às 14h30 deste sábado (21), em Doha, no Khalifa Stadium.

Por: Coluna do Fla

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.