quinta-feira, setembro 24, 2020
Início Notícias Laprovittola torce por apoio da torcida do Flamengo para Argentina.

Laprovittola torce por apoio da torcida do Flamengo para Argentina.

AFoto: Getty Images / Buda Mendes

REDE
RECORD
: Nicolás Laprovittola ainda sente falta do Rio de Janeiro, mas não
apenas por suas conquistas com o Flamengo. O armador argentino comemora o
reencontro com a torcida rubro-negra e com um sabor bem brasileiro. Nico, como
é conhecido na seleção, disse nesta sexta-feira (5) que ficou feliz por voltar
a provar o açaí nestes Jogos Olímpicos.

O
armador contou que se deliciou com uma tigela de açaí que encontrou na Vila
Olímpica. O argentino descobriu a fruta nos dois anos que defendeu a camisa do
Flamengo, clube pelo qual conquistou tudo que era possível: Intercontinental,
Liga das Américas, Sul-Americano e NBB.
“Sinto
falta de várias coisas. Encontrei açaí na Vila e assim já estou um pouco mais à
vontade”, disse Laprovitola, que também festejou o calor carioca, ao invés do
frio portenho. “No Rio, me sinto em casa. Foi uma cidade que me acolheu muito
bem e que tenho boas recordações.”
De
volta à Cidade Maravilhosa, Laprovittola acredita até que a rivalidade de
brasileiros contra argentinos deve diminuir. Para isso, vale o trecho do hino
“uma vez Flamengo, sempre Flamengo”. O argentino jogou a última temporada no
Lietuvos Rytas (Lituânia) e agora já está de transferência para o Movistar
Estudiantes (Espanha).
“Estou
muito feliz de estar aqui no Rio de novo. Foi minha casa por dois anos e tenho
muitos amigos aqui e sei que também tenho muito apoio, vejo nas redes sociais,
da torcida. Gosto de sentir isso e espero que alguns flamenguistas estejam com
a Argentina”, disse.
O
camisa 8 deve dividir bons minutos de quadra com o titular Facundo Campazzo. Em
sua primeira participação nos Jogos Olímpicos, não daria para chegar e
simplesmente conduzir um time que foi campeão em Atenas 2004: Andres Nocioni,
Carlos Delfino, Luis Scola e Manu Ginóbili são remanescentes daquela campanha
dourada.
Com
tantos craques em quadra, convivendo debaixo do mesmo teto na Vila Olímpica, o
armador espera apreender ao máximo, mas sem deixar de contribuir com suas
assistências precisas e arremessos certeiros.
A
Argentina estreia contra a Nigéria, no domingo (7), às 22h30, na Arena Carioca
1. El Alma está no Grupo B, ao lado de Brasil, Lituânia, Croácia e Espanha.

MAIS LIDOS

Botafogo vira piada com post no Twitter

É comum os clubes trabalharem mutio nas redes sociais no decorrer dos jogos. Entretanto, é bom ter cuidado para não passar vergonha. Um fato...

Palmeiras decepciona o SBT com audiência

Nesta quarta-feira, a Rede Globo teve mais um jogo para tentar bater de frente com o SBT. A emissora carioca tinha o jogo do...

Zagueiro que atua na Itália diz que dará preferencia ao Fla quando voltar ao Brasil

Apesar de esta passando por um momento de instabilidade sob o comando de Domènec Torrent, o Flamengo tem conquistado cada vez mais visibilidade nos...

Sormani critica Palmeiras por querer manter partida: “Um absurdo”

O comentarista Fábio Sormani, do Fox Sports Rádio, teceu críticas aos dirigentes alviverdes na tarde desta quarta-feira após a nota oficial divulgada na noite...