quarta-feira, setembro 23, 2020
Início Notícias Lei de Incentivo ao Esporte corre o risco de acabar.

Lei de Incentivo ao Esporte corre o risco de acabar.

Painel
F.C. – Com o país em crise, uma das poucas verbas públicas destinadas ao
esporte está sob risco. A Lei de Incentivo ao Esporte, de 2006, tem validade apenas
até o fim deste ano e pode perder o efeito às vésperas da Olimpíada-16. Nesse
cenário, o ministro do Esporte, George Hilton, já trabalha para evitar a
extinção da lei. O deputado e ex-judoca João Derly (PC do B-RS) também. Propôs
uma emenda à MP do futebol estendendo por tempo indeterminado a validade da Lei
de Incentivo.

Show do bilhão. Por
meio da Lei de Incentivo ao Esporte, clubes, confederações, ONGs e outras
entidades ligadas ao esporte já levantaram R$ 1,36 bilhão.
Corda esticada.
Defensor da lei, o ministro do Esporte quer não apenas prolongar o prazo de
validade do benefício. Hilton pretende convencer Joaquim Levy (Fazenda) a
aumentar os percentuais de deduções do Imposto de Renda que geram dinheiro para
a lei.

MAIS LIDOS

Vitória do Junior Barranquilla embola grupo do Flamengo

O Flamengo conseguiu vitória importante ontem em Guayaquil, porém ainda sim, o grupo do Flamengo está mais embolado do que nunca. Com exceção do...

Del Valle leva goleada e flamenguistas tiram onda; veja

A noite de libertadores da América foi com muitas emoções. No Grupo do Flamengo, o Rubro-negro conseguiu fazer um bom primeiro tempo contra o...

Pedro titular: Torcedores pedem mudança no ataque do Fla

O Flamengo jogou nesta terça-feira diante do Barcelona de Guayaquil, vencendo o jogo por 2 a 1. O confronto mostrou mais uma vez a...

Torrent desabafa após vitória do Flamengo

O Flamengo atuou na noite desta terça-feira diante do Barcelona de Guayaquil, em jogo válido pela quarta rodada da fase de grupos da Libertadores...