segunda-feira, setembro 28, 2020
Início Notícias Lembra daquele jogo?

Lembra daquele jogo?

Foto: iFlamengoNews

BOTECO
DO FLA
: Chegou  o dia.  Após 
quase um ano (desnecessário, diga-se de passagem) o Flamengo  volta a jogar “em casa em
casa”,  depois de uma temporada  inteira 
de jogos  “em casa
fora”,  onde teve oportunidade de
provar  na prática que realmente  não 
tem um estádio,  tem todos  eles. Muito 
bem recebido  em todos  os lugares 
por onde  passou,  com direito 
a inaugurar também  o Estádio  Internacional 
do Santos  Dumont,  o Mais Querido  não 
só  simplesmente  volta 
ao Maracanã,  retorna com olhares
de cobiça  e com muita  vontade 
de oficializar  de vez  a união 
com o palco fifetizado mas, ainda assim, Nosso Lar.

A
volta  ao Maracanã  é 
tão  importante  e festejada, 
não  só  pelos 
cariocas,  mas também  pela Nação 
espalhada  pelo  país e 
pelo mundo,  que fatalmente  encheria o estádio e quebraria recordes  de 
audiência na TV,  mesmo se nossa
situação  no campeonato  não 
fosse  tão  interessante. Nossa ligação  com o estádio é  tão 
forte,  que estar  disputando 
o título  é mais um atrativo,  e não 
assume protagonismo  absoluto  nos eventos 
da semana que  travou o site no
início  das vendas, que teve gente  dormindo 
na fila, que  teve amplo  debate nas redes sociais  sobre prioridades,  vantagens 
e desvantagens  entre os ST e os
que  não 
se associaram  ao plano.
Nosso  retorno 
certamente  irá  se transformar  em mais 
um pro clube  do “lembra  daquele 
jogo?”. Composto  por  glórias 
imensas e decepções  também,
“aquele jogo” fica imortalizado nas mesas de bar,  no imaginário 
coletivo e, reflexo dos novos tempos, no número  de clicks nos vídeos  referentes ao mesmo.  E é 
claro,  cada um tem o seu
“aquele  jogo” favorito  particular, 
ou se não  for o predileto, o mais
significativo  na sua história  com  o
Flamengo. Tenho os meus “aquele” pro lado  bom e pro lado ruim… E até  um ruim que 
acabou definindo  muitos  dos rumos 
que  tomei  na vida em minha relação  com o futebol.
E
hoje?  Hoje  é  dia
de mais um jogo desses.  Pra ficar
gravado na memória. E não  só  pra torcida, já  que uma grande parte dos  jogadores 
do elenco  ainda não  atuou no Maracanã  defendendo o Manto  Sagrado… E 
é  claro que  isso até 
pode ser um problema 
inicial,  por conta do
natural  nervosismo. Ou seja,  a hora certa pra torcida  passar 
confiança, cantar,  apoiar,  e fazer o povo sentir no gramado que
está  em casa.  É 
até  curioso ver o Flamengo  fazendo reconhecimento  de campo 
no Maracanã, uma ideia  surreal em
tempos  idos.  O Galinho, 
por exemplo,  era tão  ambientado 
por  ali que usava  até 
posição  de placas de
publicidade  e jornalistas  como referência na hora de mitar na arte de
fazer  gols e dar passes.
E o
jogo de hoje? Vocês  já  perceberam 
que  não  cabe muito aqui  falar 
sobre escalação e muito 
menos  sondar o time  adversário 
que vai pro campo? Ainda que 
Flamengo  e Corinthians  seja um dos grandes  clássicos 
do futebol  nacional,  ainda que  a disputa 
pelo  título  esteja acirrada,  ainda que 
a coisa  ande fervendo nos
bastidores,  com debates sobre
tabela,  federação, arbitragem,  etc… O Mundo do Futebol  Rubro-negro congelou hoje. Hoje é Dia de
Maracanã. E nada mais importa.
A
certeza da vitória?  Ah…. Essa aí,  se na prática 
fria da realidade  não  se pode ter, 
nos corações  Flamengos os
três  pontos  já 
são  dados  como certos. 
Porque  jogo decisivo  no Maracanã 
é  assim.  Ninguém 
cogita  a possibilidade  da derrota. Quando  ela 
acontece… A gente  joga  a culpa 
na nossa Soberba,  repensa  a nossa 
Teoria da Invencibilidade… Pra tempos 
depois  fazer tudo de novo.  Aqui 
é  Flamengo,  e aqui 
é  assim.  O Flamengo 
Sempre  Vence de Véspera.  Revogam-se as disposições  e,  principalmente,  as possíveis 
realidades em contrário.
E
hoje  é 
Dia Especial  até  pra 
arcoirizada, que  há  de ficar de olho  grudado na tela  exercendo 
sua eterna função  de
amar/odiar  o Flamengo.  É  o
Mais  Querido  e sua 
generosidade,  espalhando  até 
entre os rivais suas doses 
viciantes de adrenalina.
No
Maracanã,  em casa,  nos bares, 
em outro país,  pouco importa. Bom
retorno  ao Nosso Lar. E sempre,  sempre, 
agradecendo a todas as cidades que souberam  construir 
Maracanãs pelo Brasil afora. 
Foram muitos  Maracanãs pelo  país 
inteiro.
TUA
GLÓRIA É LUTAR!
Qualquer  coisa… Cola nas redes.
Facebook:
Mercio Querido
Instagram:
Mercio Querido
Twitter:
@sorinmercio
Snap:
mercioquerido
Pokemon
Go…. Ah não…. Isso é  outra
coisa.  Eh,  eh, 
eh…

MAIS LIDOS

Agente se revolta e não descarta a saída de Lincoln

O Flamengo mediu forças diante do Palmeiras, na tarde deste domingo, em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro. O time Rubro-negro foi a campo com...

Segundo Fábio Sormani, Flamengo usou de “laranja” para se beneficiar

Na tarde desta segunda-feira, o grande e responsável jornalista Fábio Sormani soltou mais uma daqueles declarações complicadas de se ingerir numa rede de televisão....

Presidente do Sport admite interesse em contratar atacante do Flamengo

O Flamengo possui uma das bases mais qualificados do futebol sul-americano. O Rubro-negro se acostumou a fazer grandes negócios com o mercado da Europa,...

O Brasil é de fato, a terra da hipocrisia

Toda a polemica envolvendo a partida do Flamengo domingo, diante do Palmeiras, mostra além da forma como cada dirigente só pensa em seu umbigo,...