Vanderlei Luxemburgo postou em suas redes sociais no final da noite desta sexta um vídeo, agradecendo os torcedores pelo apoio durante o atual momento complicado em sua vida. Luxemburgo foi diagnosticado com covid pela segunda vez, e precisou ser internado. Confira abaixo a mensagem que Luxa mandou em suas redes sociais:

É provável que Luxa tenha alta ainda nos próximos dias. Porém, ele infelizmente é apenas mais um na lista de infectados no mundo esportivo.

A frase “Força Luxa” ficou entre os assuntos mais comentados no Twitter durante várias horas. Confira abaixo algumas mensagens de apoio ao treinador.

https://twitter.com/VarzeaFC10/status/1340048067790299144

https://twitter.com/AlessErick/status/1340059757005205510

O covid pelo mundo dos esportes

Apesar da crença geral de ter sintomas amenizados a partir do histórico esportista. O fato é que o que acontece na prática, é um pouco diferente disto. Maratonistas olímpicos e triatletas como Diego Benko apresentaram os casos mais graves da doença. Benko precisou ficar internado em aparelhos. Além disso, o atleta teve sequelas no pulmão. Em entrevista ele comentou o que sentiu e como reagiu ao vírus:

“Sei que estou longe de estar 100%, porque o vírus fez um estrago. Eu até faço uma comparação para as pessoas entenderem, que é mais ou menos assim: se você tem uma plantação e aí ela pega fogo, destrói toda sua plantação. O fogo apaga, ele vai embora, só que o prejuízo fica, entendeu. É mais ou menos isso que eu vejo. O vírus veio, fez um estrago dentro de mim e foi embora, só que ficaram sequelas que estão sendo curadas aos poucos”, disse Benko para o portal Yahoo!.

Dentro do futebol brasileiro o número estrondoso de casos de covid entre os clubes ligou o alerta sobre a real situação do país. Afinal, se em um meio tão limitado como o futebol, tantos casos ocorrem com tanta velocidade, como é nas ruas, no dia a dia?

O Flamengo sentiu na pele o problema. Inesperadamente, teve um surto de covid no seu elenco que dizimou a equipe titular. Assim, o clube precisou apelar para os garotos no Ninho. Apesar de amenizada, a situação pelo Brasil e mundo ainda é delicada e aparentemente apenas uma vacina poderia fazer as coisas voltarem ao normal. A expectativa dos cientistas é de que ela aconteça no início de 2021.

Leia também: Filipe Luis brinca com Diego Alves em vídeo: ”Faz cera até para renovar”

Veja também: Atletas rubro-negros encaram o Desafio Nação Contra o Tempo neste sábado (19)