quinta-feira, setembro 24, 2020
Início Notícias Marcelinho comenta Flamengo x Bauru na Arena Carioca 2.

Marcelinho comenta Flamengo x Bauru na Arena Carioca 2.

Foto: João Pires/LNB

GLOBO
ESPORTE
: Jogar uma final de NBB já é motivo de grande orgulho e motivação para
qualquer um. Mas, mesmo que não precisassem, Flamengo e Bauru ganharam um
incentivo a mais para a decisão: a inauguração da Arena Carioca 2. Os jogos 2 e
3 das finais do NBB servirão de evento-teste para o ginásio olímpico, que tem
capacidade para 10 mil pessoas e que será a casa do judô, das lutas olímpicas e
da bocha paralímpica nos Jogos Rio 2016. Em entrevista coletiva realizada nesta
quarta-feira, jogadores e técnicos das duas equipes disseram que estrear uma
arena olímpica dá um gostinho especial para as partidas de quinta e sábado.

O
ala-armador rubro-negro, Marcelinho Machado, que disputou os Jogos Olímpicos de
Londres 2012, disse que jogar em um palco olímpico é especial. O camisa 4
carioca quer fazer parte de um pouquinho da história do local.
– Por
mais que não seja a modalidade que vai ser praticada ali, poder jogar em um
palco olímpico, entrar para treinar ali, sentir aquele clima de Parque
Olímpico, é uma emoção especial. Eu pude participar de uma Olimpíada, é uma
coisa que representa muito para o atleta. Os momentos que vão acontecer naquela
arena vão ficar gravados na história do esporte, então porque não a gente
escrever um pouquinho da história antes das Olimpíadas. Jogar na arena olímpica
dá um upgradezinho nessa motivação -afirmou.
Técnico
do Flamengo e auxiliar de Rúben Magnano no comando da seleção brasileira, José
Neto concordou com o seu camisa 4.
– Acho
que é o sonho de todo esportista poder jogar os Jogos Olímpicos, e a gente
poder estar no local onde isso vai acontecer, sentir o ambiente de onde vão
estar os melhores do mundo, acho que isso motiva ainda mais.
Para
Demétrius, treinador do Bauru, participar da inauguração da Arena Carioca 2 é
bom para a equipe, que terá uma motivação a mais para a final.
– Esse
mesmo sentimento de fazer parte de uma história, em um ginásio que vai ser
lembrado pelos momentos olímpicos. Para a gente é uma satisfação sentir o
clima, isso dá uma motivação a mais, uma vontade a mais. Qualquer item a mais
em termos de motivação em uma final é bom para você se sentir mais confiante,
mais seguro – disse Demétrius, que também é auxiliar de Magnano.
Jefferson,
ala-pivô do Bauru, seguiu a mesma linha de seu comandante.
– Com
certeza é um gostinho especial jogar numa arena olímpica. Eu nunca participei
das Olimpíadas, e esse é meu sonho, meu objetivo – afirmou Jefferson, ala-pivô
da equipe paulista.

MAIS LIDOS

Botafogo vira piada com post no Twitter

É comum os clubes trabalharem mutio nas redes sociais no decorrer dos jogos. Entretanto, é bom ter cuidado para não passar vergonha. Um fato...

Palmeiras decepciona o SBT com audiência

Nesta quarta-feira, a Rede Globo teve mais um jogo para tentar bater de frente com o SBT. A emissora carioca tinha o jogo do...

Zagueiro que atua na Itália diz que dará preferencia ao Fla quando voltar ao Brasil

Apesar de esta passando por um momento de instabilidade sob o comando de Domènec Torrent, o Flamengo tem conquistado cada vez mais visibilidade nos...

Sormani critica Palmeiras por querer manter partida: “Um absurdo”

O comentarista Fábio Sormani, do Fox Sports Rádio, teceu críticas aos dirigentes alviverdes na tarde desta quarta-feira após a nota oficial divulgada na noite...