terça-feira, setembro 29, 2020
Início Notícias Maturidade Institucional.

Maturidade Institucional.

Buteco
do Flamengo – Irmãos rubro-negros,

as
peças movem-se estrategicamente no tabuleiro da política rubro-negra.
Contando
com o apoio do Bap, Landim, Gustavo Oliveira, de uma equipe de renomados
executivos de grandes empresas (embora seja oportuno lembrar que alguns sequer
são sócios do Flamengo) e tendo Walter D’Agostino e  Hélio Ferraz pretigiando o lançamento de sua
candidatura, tudo indicava que Wallim Vasconcelos largaria com enorme vantagem
na corrida eleitoral visando o pleito de dezembro deste ano.
Todavia,
numa jogada de rara maestria, demonstrando grande capacidade de articulação
política e de aglutinação de forças, Flavio Godinho, nomeado Vice-presidente
pelo presidente Eduardo Bandeira de Mello, reuniu em sua casa, em
concorridíssimo jantar, figuras de proa da política rubro-negra, dentre as
quais Márcio Braga, Plínio Serpa Pinto, Jorge Rodrigues e o próprio Hélio
Ferraz.
Como
resultado da reunião, Plínio Serpa Pinto já saiu nomeado Vice-presidente de
Patrimônio, assim como foram costurados apoios importantíssimos  em torno da candidatura à reeleição do presidente
Eduardo Bandeira de Mello.
Além
disso, Antônio Tabet, do “Kibe Loco” e do “Porta dos
Fundos” foi indicado ao cargo de Vice-presidente de Comunicação.
Me
agrada muito essa mescla entre a sobriedade de pessoas como Godinho, Plínio e o
próprio Bandeira, e a juventude, a criatividade e a energia de nomes como
Antônio Tabet, Rafael Strauch, Rodrigo Sabino e Pedro Iooty.
Pois
bem, esse reequilíbrio de forças no quadro político do Flamengo é fundamental
para a manutenção do sonho de uma futura e cada vez mais possível composição
entre a Chapa do Bandeira, minha preferida, e a do Wallim.
Eu
ainda acredito sinceramente que essa união ocorrerá.
Para
quem viveu em tempos recentes anos tenebrosos, a ponto de parecer sem solução a
lamentável situação política do clube, a existência atual de duas chapas
fortes, ambas comungando dos mesmos ideais quanto à manutenção da austeridade
financeira e do respeito às obrigações assumidas, traz muita esperança de um
futuro grandioso para o Flamengo.
Analisando
o cenário político, e ciente de que corro o risco de fazer uma observação
precipitada, acho que, com a graça e a intervenção de São Judas Tadeu, o Clube
de Regatas do Flamengo inicia uma nova fase de sua gloriosa existência, uma
fase de maturidade institucional.
Que
esse processo seja consolidado cada vez mais, e que o bem do Flamengo seja o
único norte a mover as pessoas a se envolverem na política do clube.
Passando
para dentro de campo, após obter uma importante vitória na quarta-feira
passada, o Flamengo enfrentará no domingo o Palmeiras fora de casa.
Será
a estréia do Mengo no horário das onze horas da manhã, pois a partida foi
antecipada em virtude dos protestos convocados contra o Governo Federal.
O
time  tem melhorado e até o mais renhido
crítico do técnico Cristóvão Borges deve reconhecer que, em relação à
movimentação e ao setor de criação, o time tem evoluído bastante.
O
setor defensivo, porém, continua a falhar seguidamente e a equipe tem sofrido
muitos gols em jogadas despretensiosas dos adversários, impedindo a obtenção de
uma sequência de vitórias não apenas desejável, mas também imprescindível.
A
busca desse equilíbrio é o grande desafio que se descortina para o Cristóvão.
Não
adianta jogar bem e não ganhar a partida. No momento atual vivenciado pelo
Flamengo, o resultado tem de vir em primeiro lugar. O importante é vencer,
jogando bem ou mal.
Teremos
todo o segundo turno do Campeonato Brasileiro a disputar e teremos ainda o
Vasco pela Copa do Brasil.
Vencer
é a meta principal. Se for jogando bem, melhor ainda.
Tenho
percebido algo há muito perdido no futebol do Flamengo: a alegria e a
satisfação dos jogadores por vestirem a Sagrada Camisa Vermelha e Preta.
A
entrevista do Ederson, que aliás estreou bem na quarta-feira, foi emblemática
disso.
O
jogador, com brilho nos olhos e o sorriso franco, confessou estar muito feliz
no Flamengo, disse que foi muito bem recebido pelos colegas e funcionários do
clube e que está muito motivado pelo desafio de jogar para e pela maior e
melhor torcida do mundo.
Os
jogadores parecem gostar do Cristóvão e os líderes do elenco têm dado o suporte
de que necessita o treinador para desenvolver plenamente o seu trabalho.
Esse
capítulo sobre o futebol do Flamengo merece uma citação especial: Emerson
Sheik.
Eu
confesso que não era favorável à sua contratação. Achava que ele poderia
desagregar um ambiente que já estava ruim.
Mas
eu me enganei totalmente.
Além
de cumprir seus deveres profissionais de maneira exemplar, o Emerson tem sido o
melhor jogador do Flamengo.
Raça,
vontade, luta, técnica e categoria unem-se nesse atleta que tem mostrado uma
vitalidade surpreendente para os seus mais de trinta e seis anos.
O
Emerson apresenta-se como um grande exemplo da forma com a qual o atleta
rubro-negro deve se portar em qualquer disputa.
No
Flamengo, hoje, ele escolhe camisa.
Que
o Flamengo consiga vencer o difícil desafio de enfrentar o Palmeiras em São
Paulo.
Tenho
ótimas lembranças do Mengão jogando lá.
Mengão
2×1, em 1992; Mengão 3×3, em 1999, com a conquista história da Copa Mercosul;
Mengão 2×0, em 2009, com o antológico gol olímpico do Petkovic.
Que
a grandeza do Mengo, sua tradição, sua camisa e a fé da Nação Rubro-Negra nos
conduzam a mais uma vitória.
Menção
honrosa, antes de encerrar a coluna, à torcida do Flamengo. Após duas grandes
decepções, em torno de vinte mil flamengos compareceram ao Maracanã na
quarta-feira para empurrar o Mengo rumo à vitória.
Como
diz a música: amor igual não há.
..
Abraços
e Saudações Rubro-Negras.
Uma
vez Flamengo, sempre Flamengo.
Luiz
Mengão Eduardo

MAIS LIDOS

Vitinho e Marcos Braz testam negativo para Covid-19

Nesta terça-feira (29), o atacante Vitinho testou negativo para o Covid-19. O resultado já foi enviado à Conmebol e o jogador pode ficar à...

Flamengo é a aposta do SBT para bater recorde de audiência

Após a rescisão de contrato da Rede Globo com a Conmebol, o SBT é a opção para transmissão de jogos em tv aberta. Nesta...

De volta? Diego Alves treina com bola no Ninho do Urubu

Diego Alves sofreu lesão no ombro na partida contra o Santos pelo Campeonato Brasileiro - onde a equipe acabou com um empate em 1...

Zico faz duras críticas a CBF por realização de Palmeiras x Flamengo

Em seu canal do YouTube, Zico, considerado o maior jogador da história do Flamengo, deu seu ponto de vista sobre tudo que envolveu os...