Após vitória diante do Bahia pelo campeonato brasileiro. Mauro César Pereira comentou sobre a atuação de Rogério Ceni à beira do gramado. Para o comentarista, Rogério mostrou coragem e vontade de vencer sempre, independente da situação. Assim, o treinador deveria ter ganho alguns “pontos” com o torcedor.

Mauro tece elogios a Rogério Ceni

Enquanto Mauro acha a decisão correta, Juca Kfouri criticou Rogério, dizendo que ele deveria ter colocado o time mais na defesa após o intervalo. Mais uma vez, Mauro defendeu o treinador e o elogiou.

“Por que eu acho que ele foi bem? Primeiro, ele tem um time em campo que não permite que ele jogue para empatar, um técnico convencional, depois que fez o 3 a 3, bota mais um zagueiro, recua e segura um ponto pensando no campeonato, ele quis ganhar o jogo, então se eu critico técnicos que só pensam em um pontinho, eu não posso ser contra isso. Os jogadores que ele colocou em campo levaram o time à virada, eu acho que o Pedro entrou na hora certa, se ele bota muito antes, ele iria quebrar uma situação que era mais complicada. Entrou e funcionou o que ele fez“, comentou Mauro, que ainda completou:

“O time não rendeu jogando com dez desde os 9 minutos, gente, você quer que o time vá render? Agora, os 9 minutos de 11 contra 11 foram ótimos, fez um gol, o Gabigol chutou uma bola rente à trave, o Bahia estava contra as cordas, o jogo começou e o Flamengo intenso e apertando o Bahia, aí o jogo mudou, aí é um jogo atípico, não dá para discutir um jogo desse dessa maneira, então eu achei que o Rogério foi, na minha opinião, aquilo que o torcedor do Flamengo gosta, um técnico que não foi covarde e quis ganhar o jogo. Retranca, essas coisas, é para outros clubes, não é para o Flamengo, e é para outros técnicos, como o Mano Menezes, acho que não é para o Rogério Ceni”, finalizou Mauro.

De fato Rogério não foi covarde. O Flamengo continuou propondo ou ao menos tentando propor o jogo. Porém, o desgaste físico por uma partida inteira com um a menos pesou. Assim, a pressão foi mais do que natural. Mas em suma, o time reagiu, jogou como Flamengo, e buscou o resultado.

Leia também: Zinho pede Pedro titular do Flamengo: “A reserva é injusta”

Veja também: Sub-20 vence o Corinthians na Gávea e está nas quartas de final do Campeonato Brasileiro