quinta-feira, setembro 24, 2020
Início Notícias Maxi Biancucchi destaca carinho pelo Flamengo: “Marcou minha vida, não só no...

Maxi Biancucchi destaca carinho pelo Flamengo: “Marcou minha vida, não só no futebol”

Os clubes brasileiros têm se notabilizado cada vez mais na América do Sul por conta dos investimentos feitos para trazer promessas relevantes ao futebol nacional. Na década anterior, um destes nomes que teve a oportunidade de brilhar no Brasil foi o argentino Maxi Biancucchi, contratado pelo Flamengo em 2007, o atleta viveu bons momentos com a camisa rubro-negra, mas não conseguiu o sucesso que esperava. Apesar disso, ele demonstra bastante gratidão ao clube da Gávea.

– Flamengo marcou a minha vida. Não só no futebol e sim na vida. Como falei, convivi com a presão, e o nível de exposição é muito grande, é preciso estar preparado não só com seu futebol e sim mentalmente. Como falei, se fosse para o Flamengo mais velho, talvez tivesse permanecido maior tempo. Mas já não podemos mudar isso. Fui feliz –, foi o que disse o jogador em entrevista ao portal Foxsports.com.br.

Antes disso, o jogador comentou sobre o que poderia ter sido melhor durante sua passagem pelo clube. Segundo ele, a pouca idade acabou prejudicando para que ele se firmasse definitivamente na equipe: “Acho que foi uma linda passagem. Poderia ter sido melhor se acontecesse com 25, 26 anos e não aos 20. Precisa ter maturidade para estar em um clube tão grande”, disse ele, que ainda relembrou:

– Achou que (meu melhor momento) foi no começo. O gol no Fla-Flu, esse campeonato foi muito bom para mim. Mas me machuquei e nada voltou a ser igual. Tinha muita competência, muitos jogadores bons, e não recuperei o nível. Faltou maturidade, como já falei, para me manter motivado, mesmo não sendo opção. E às vezes isso é difícil.

Hoje, já com 34 anos, Maxi está sem clube. A última camisa vestida pelo argentino foi a do modesto Rubio Ñu, do Paraguai. No entanto, por lá, a passagem não deixou saudade no torcedor, afinal, o atleta conseguiu marcar apenas um gol em 20 partidas. Além do Flamengo, Maxi também já defendeu Ceará, Vitória e Bahia entre clubes do Brasil, tendo o Brasileirão de 2009 como seu maior título – apesar de não ter chegado até o fim da temporada no Fla, ele participou de cinco jogos da campanha.

Por: Coluna do Fla

MAIS LIDOS

Jorge Jesus no Flamengo: Treinador exalta a torcida do Fla

O técnico Jorge Jesus deixou o Flamengo logo após ter uma temporada praticamente perfeita com o Rubro-negro. Hoje treinador do Benfica, ele ainda é...

Governo do Rio libera público nos estádios; Fla era a favor

O surto recente de casos de covid no Flamengo parece não ter impressionado dirigentes do clube e políticos do Rio de Janeiro. Na manhã...

Fla hoje: Fábio Sormani critica o Palmeiras

O comentarista Fábio Sormani, dos Fox Sports, não perdeu a oportunidade de criticar o Fla hoje e o Palmeiras. O comentarista detonou o Palmeiras, já que o time...

Campeão de infecção: Fla é o time com mais contaminados pela Covid-19 na série A

Antes da retomada do futebol no Brasil, o Flamengo foi o principal apoiador da ideia da volta do esporte durante o auge da pandemia...