• Início
  • Notícias
  • “Me surpreendeu positivamente”, diz companheiro de equipe sobre qualidade de Gerson
Publicidade

“Me surpreendeu positivamente”, diz companheiro de equipe sobre qualidade de Gerson

Publicidade

O Flamengo realizou nove contratações na temporada de 2019, e todas elas se tornaram titulares da equipe. Um dos últimos reforços do clube no ano foi o meio campista Gerson, que pertencia à Roma (ITA). Revelado pelo Fluminense, o jogador saiu cedo do Brasil para buscar o estrelato na Europa. Esse fator parece ter influenciado para que diversas pessoas não conhecessem, de fato o seu potencial. Prova disso é que, até mesmo Rodrigo Caio, seu companheiro de equipe, admite que foi surpreendido positivamente por Gerson

– Conhecia ele (Gerson) pouco do Fluminense. Vi pouco na Europa, mas me surpreendeu positivamente. Mesmo jovem, ele sabe o que faz com a bola. Não gostaria que o Cuéllar saísse, mas temos jogadores para suprir a carência e dar conta do recado –, disse o defensor, enaltecendo o camisa 15.

Essa não é a primeira vez que Gerson é alvo de elogios. Jorge Jesus, treinador que solicitou a contratação de um segundo volante e deu aval para que o Flamengo investisse em Gerson, é um admirador declarado do futebol do atleta.

FOTO: NAYRA HALM / FOTOARENA

– Tem 22 anos. Não entendo como deixaram voltar da Itália. Não é novidade para mim. Não deram nada pelo Gerson. Grande jogador. É o nosso joker (curinga). Taticamente muito evoluído. Seja onde for, tem influência –, disse o treinador sobre Gerson.

Até então, o meio campista participou de 10 partidas pelo Flamengo e marcou um gol. No entanto, mais do que balançar as redes, o atleta tem se destacado pela versatilidade e poder de criação. Na Libertadores, por exemplo, ele foi o responsável pela assistência que resultou no primeiro gol do Fla contra o Internacional, que abriu o caminho para a classificação à semifinal da competição, com o triunfo por 3 a 1 no agregado.

Vale destacar que, com a iminente saída de Gustavo Cuéllar para o Al Hilal, Gerson deve assumir de vez a posição de segundo volante. Isso porque, Willian Arão, que tem desempenhado tal função, é visto por Jorge Jesus como primeiro volante. Logo, o camisa 5 deve ser recuado, cedendo sua vaga atual para Gerson. Isso pode acontecer já neste domingo (01), quando o Fla encara o Palmeiras, às 16h, no Maracanã, em partida válida pela 17ª rodada do Brasileirão.

Por: Coluna do Fla
Publicidade
Publicidade

© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod