quarta-feira, setembro 23, 2020
Início Notícias Meia-entrada de Dilma vai baixar preço de ingressos.

Meia-entrada de Dilma vai baixar preço de ingressos.

EPOCA
– Após quase dois anos da sanção, Dilma Rousseff regulamentou a Lei da
Meia-Entrada (12.933/2013) – isto é, a presidente determinou as regras para que
a legislação finalmente passe a valer a partir de 1º de dezembro. Isso afeta o
futebol. Tomemos o Rio de Janeiro como exemplo. A notícia vai beneficiar o
consórcio que administra o Maracanã e, de carona, torcedores de Flamengo e
Fluminense que não são nem estudantes, nem jovens de baixa renda, nem
deficientes físicos, nem idosos. A maioria. E os próprios clubes.
A lei
vai limitar o número de meias-entradas disponíveis em jogos de futebol em 40%
da ocupação. O problema do Maracanã é que muitas das partidas tinham mais de
70% dos lugares preenchidos por meias. Flamengo x Vasco, no domingo retrasado
(27), por exemplo, teve 71% de ingressos pela metade. E aí vale a lógica que,
no entretenimento, é ainda mais forte: para ganhar o mesmo dinheiro que
ganharia, o organizador sobe os preços da inteira. A meia vira a metade do
dobro.
O
Maracanã, em particular, começou a sentir o efeito de menos meias dentro do
estádio depois que enrijeceu a fiscalização – de setembro para cá, passou a
cobrar a documentação na catraca e encaminhar quem não a tem para a bilheteria.
Deu para sentir o resultado no jogo do domingo passado (4), Flamengo x
Joinville, quando 39% dos ingressos foram vendidos como meia-entrada.
“Vou
dar um exemplo prático: vamos ter semifinais entre Fluminense e Palmeiras.
Estamos mantendo o ingresso a R$ 40 no setor sul porque conseguimos subir o
tíquete médio com o controle no acesso. Reduzimos as fraudes”, exemplifica
Marcelo Frazão, diretor de marketing do Maracanã. Segurar o preço mínimo é
importante para conter o processo de elitização que começou no futebol
brasileiro após reformas de estádios para a Copa do Mundo.
A
mudança no perfil de consumo de meias para inteiras está oculta, mas existe.
Vamos comparar os jogos do Flamengo contra o Santos, antes da fiscalização
intensa, com o contra o Joinville, depois dela. Desconsideradas entradas
gratuitas, promocionais e cadeiras cativas, o Flamengo teve 53.579 pagantes,
receita bruta de R$ 2,45 milhões e R$ 44,74 de tíquete médio perante o Santos.
Contra o Joinville, havia 53.793 pagantes, receita bruta de R$ 2,41 milhões e
R$ 44,17 de tíquete médio. Tudo igual, certo? Errado. O ingresso mais barato
contra o Santos custava R$ 50, e contra o Joinville, R$ 40.
O
preço médio do ingresso foi o mesmo, apesar de a entrada mínima ser mais
barata, porque mais torcedores compraram inteiras por preços mais caros. O
Flamengo pôde colocar mais gente da camada socioeconômica mais baixa para
dentro do Maracanã sem perder receita.

“A taxa mais adequada de meias
beneficia torcedores com um ingresso mais barato e clube mandante e operadora
do estádio com mais renda”, explica Frazão. O mesmo vai valer para todo
estádio que geralmente vendia mais meias do que inteiras.

No
Rio, ainda, a tendência é que a regulamentação da lei force ajustes em outras
duas legislações. Há uma que dá desconto de 50% para jovens com até 21 anos,
outra que dá gratuidades a crianças e idosos. A questão é jurídica, vai levar
tempo, mas o Maracanã espera que essas duas outras leis sejam alteradas para
que tenham, como a da meia-entrada, um limite. Hoje, acredite se quiser, se
dezenas de avôs decidirem ir ao Maracanã com netos de uma vez, estádio e clube
podem ter um jogo lotado com renda zero. A hipótese é improvável, mas dá o tom de
como a legislação funciona.

MAIS LIDOS

As notas da vitória do Flamengo em Guayaquil

Em partida complicada pela Libertadores o Flamengo conseguiu uma vitória super importante. Com gols de Pedro e Arrascaeta, o rubro-negro bateu o Barcelona de...

César é criticado pela torcida mesmo após vitória

Na noite desta terça-feira, o Flamengo jogou diante do Barcelona de Guayaquil, no Equador. O Rubror-negro foi a campo com diversos desfalques, inclusive no...

Primeiro tempo do Flamengo encanta Rubro-negros; veja os comentários

Se baseando na última atuação do Flamengo, onde o Rubro-negro simplesmente foi atropelado pelo Independiente del Valle, poucos flamenguistas acreditavam que o primeiro tempo...

Saiu a escalação do Flamengo contra o Barcelona SC

O Flamengo joga nesta terça-feira, em jogo válido pela quarta rodada da fase de grupos da Libertadores da América. O Rubro-negro carioca não poderá...