terça-feira, setembro 29, 2020
Início Notícias Misses exibem beleza na torcida de Flamengo e Vasco.

Misses exibem beleza na torcida de Flamengo e Vasco.

Extra
Globo – No Clássico dos Milhões, a beleza também é fundamental. Pelo menos para
escolher o vencedor entre Flamengo e Vasco, que na tarde deste domingo decidem
a última vaga da final do Campeonato Estadual 2015. Entre os torcedores
ilustres dos clubes, duas ex-misses revelam o seu amor pelos times do coração
e, por coincidência, arriscam o mesmo placar para o duelo. A flamenguista
Jakelyne Oliveira, Miss Brasil 2013, e a vascaína Débora Lyra, Miss Brasil
2010, acreditam, respectivamente, na vitória das suas equipes por 2 a 0.


Espero que o Vasco vença por 2 a 0, com um gol do Bernardo. No último jogo ele
saiu chorando por conta de briga da torcida. Ele tem um histórico de amor e
ódio muito grande, mas espero que venha um dele. É bacana estar de bem com a
torcida. Assim como os jogadores sentem a torcida, eu sinto o mesmo em relação
aos meus fãs, nos desfiles e concursos que participo. Isso conta muito, dá um
ânimo a mais, por isso seria bacana ele fazer – afirmou Débora, que é capixaba.
– A
Débora acha que será 2 a 0? Vai ser sim, mas do outro lado, do meu Flamengo. Só
não arrisco de quem serão os gols – afirmou Jakelyne, que nasceu em Mato
Grosso.
No
Clássico dos Milhões, a beleza também é fundamental. Pelo menos para escolher o
vencedor entre Flamengo e Vasco, que na tarde deste domingo decidem a última
vaga da final do Campeonato Estadual 2015. Entre os torcedores ilustres dos
clubes, duas ex-misses revelam o seu amor pelos times do coração e, por
coincidência, arriscam o mesmo placar para o duelo. A flamenguista Jakelyne
Oliveira, Miss Brasil 2013, e a vascaína Débora Lyra, Miss Brasil 2010,
acreditam, respectivamente, na vitória das suas equipes por 2 a 0.

Espero que o Vasco vença por 2 a 0, com um gol do Bernardo. No último jogo ele
saiu chorando por conta de briga da torcida. Ele tem um histórico de amor e
ódio muito grande,mas espero que venha um dele. É bacana estar de bem com a
torcida. Assim como os jogadores sentem a torcida, eu sinto o mesmo em relação
aos meus fãs, nos desfiles e concursos que participo. Isso conta muito, dá um
ânimo a mais, por isso seria bacana ele fazer – afirmou Débora, que é capixaba.
– A
Débora acha que será 2 a 0? Vai ser sim, mas do outro lado, do meu Flamengo. Só
não arrisco de quem serão os gols – afirmou Jakelyne, que nasceu em Mato
Grosso.
O
amor pelos dois clubes das misses surgiu da mesma forma: influência do pai.
Débora conta que seu pai não perde uma partida do Vasco pela TV, e desde
pequena se acostumou a assistir aos jogos. Mas foi depois de maior de idade que
a paixão aflorou e chegou a tal ponto que quatro dos seis namorados que ela já
teve eram vascaínos. Nenhum dos outros dois era Flamengo, um deles o ex-jogador
Alexandre Pato, atualmente no São Paulo.
– No
Esprito o futebol não tem tradição do nosso estado. É raro alguém que não diga
ser Vasco ou Flamengo. Meu pai é vascaíno Desde pequenina, tinha costume de
assistir com ele, mas foi quando fiquei mais velha que senti um amor maior.
Tinha muitos amigos vascaínos e ex-namorados também, quatro deles torciam para
o Vasco, foi que passei a acompanhar muito mais – contou.
O
mesmo aconteceu com Jakelyne Oliveira, que tem uma família 100% flamenguista.
Na casa da ex-miss mato-grossense, as crianças nascem já torcendo pelo clube,
as primeiras roupinhas são do Flamengo e até os dois namorados que a bela teve
torciam para a equipe da Gávea. Nenhum outro time tem espaço na sua vida.

Toda a minha família é Flamengo, não tem uma pessoa que não seja. É tradição.
Até mesmo quando um bebê está para nascer, a primeira roupinha ou sapatinho que
ganham é do Flamengo. Nasci assim, sem opção. Meu sobrinho está para nascer e
eu já dei uma sapatinho e roupinhas, minha cunhada nem tem o que fazer em
relação a isso (risos) – disse Jakelyne, que também só namorou flamenguistas. –
Eu dei sorte. Os dois namorados que tive eram Flamengo. Tirando o Flamengo, eu
só torço para a seleção brasileira.
Nenhuma
das torcedoras teve a oportunidade de assistir a um clássico Flamengo e Vasco
ainda, Jakelyne vai realizar o sonho de ver o jogaço justamente no Maracanã,
enquanto Débora terá que esperar outra oportunidade para sentir a energia das
torcidas no Clássico dos Milhões.

Estou muito ansiosa, porque além de ser um clássico, será a primeira vez que
vou realmente, porque tinha ido quando era pequena, não lembro. Já mandei
mensagem para todo mundo já cantando o hino e vou levar as amigas corintianas
todas, já fiz todas comprarem camisa do Flamengo falei vai gritar Flamengo
mesmo, está no sangue é raça (risos) – afirmou Jakelyne.

MAIS LIDOS

Vitinho e Marcos Braz testam negativo para Covid-19

Nesta terça-feira (29), o atacante Vitinho testou negativo para o Covid-19. O resultado já foi enviado à Conmebol e o jogador pode ficar à...

Flamengo é a aposta do SBT para bater recorde de audiência

Após a rescisão de contrato da Rede Globo com a Conmebol, o SBT é a opção para transmissão de jogos em tv aberta. Nesta...

De volta? Diego Alves treina com bola no Ninho do Urubu

Diego Alves sofreu lesão no ombro na partida contra o Santos pelo Campeonato Brasileiro - onde a equipe acabou com um empate em 1...

Zico faz duras críticas a CBF por realização de Palmeiras x Flamengo

Em seu canal do YouTube, Zico, considerado o maior jogador da história do Flamengo, deu seu ponto de vista sobre tudo que envolveu os...