Modesto Roma deixa “caso Geuvânio” para o Jurídico do Santos.

Modesto Roma Júnior, Presidente do Santos – Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo

GLOBO
ESPORTE
: Modesto Roma não vai comentar publicamente a contratação de Geuvânio,
anunciada pelo Flamengo nesta quarta-feira. O presidente do Santos afirma que o
departamento jurídico vai cuidar do caso.

O
clube paulista apoia sua defesa em uma cláusula no contrato com o Tianjin
Quanjian, da China, que daria ao Peixe exclusividade em caso de retorno do
atacante ao Brasil por empréstimo.
– O
departamento jurídico do Santos vai cuidar disso. Os advogados do clube sabem
melhor do que eu o que fazer – diz o presidente.
O
Peixe estuda ir à FIFA para impedir a negociação. E o processo seria movido
contra os chineses, que teriam descumprido o acordo firmado no momento da venda
de Geuvânio, no ano passado.
O
Flamengo entende que está seguro juridicamente e que não terá problemas por
causa da contratação de Geuvânio.
Revelado
pelo Santos e negociado em 2016 por R$ 48 milhões, Geuvânio chega ao clube
carioca para contrato de empréstimo de 18 meses. O Flamengo vai dividir os
salários com o Tianjin – cerca de R$ 500 mil.

Compartilhe

O FlaHoje é um portal eletrônico de notícias voltado exclusivamente os torcedores do Flamengo. Nosso objetivo é mostrar as principais notícias com qualidade, rapidez e imparcialidade, focando notícias do nosso time favorito, o Rubro-Negro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.