MP do Futebol prevê ingressos mais baratos.

Por: Fla hoje

Globo
Esporte – A aprovação da Medida Provisória 671 – que prevê o financiamento das
dívidas dos clubes, estimadas em R$ 4 bilhões, em até 20 anos em troca de novas
regras de gestão, incluindo o chamado “fair play” financeiro, que
prevê o rebaixamento de inadimplentes – abre espaço para a venda de ingressos
populares mais baratos aos torcedores, independente dos programas de
sócio-torcedor já implantados pelos times. No entanto, o documento não determina
um valor específico para ser colocado nessas entradas.
O
dispositivo é produto de algumas audiências públicas, nas quais foram ouvidas
algumas torcidas organizadas, como a Fiel (Corinthians) e a Urubuzada
(Flamengo). Tal iniciativa tem um custo para ser viabilizada, que será pago com
a receita gerada pelas novas loterias previstas no texto final da MP. As
raspadinhas, que serão criadas mediante parcerias entre a Caixa Econômica
Federal e os clubes, preveem, no mínimo, 3% de receita para as equipes.
A
operação dependerá de cada clube e do entendimento firmado com as suas
respectivas torcidas. As equipes adotarão a forma que lhes for mais
conveniente. Entre os exemplos citados pelo deputado federal Otávio Leite,
relator da proposta, para os times implantarem esta política de ingressos mais
baratos estão a criação de uma nova categoria nos programas de sócio-torcedor,
ou então, o uso de subsídios diretos para o torcedor de baixíssima renda.
Segundo o parlamentar, tal iniciativa não vai prejudicar os programas criados
pelos clubes para aumentar a adesão da torcida e gerar mais receitas.
– Pelo
contrário. Essa política de ingressos populares vai fortalecer e aumentar a
adesão dos segmentos mais pobres da população, que frequentavam os setores mais
populares dos estádios, como a geral no Maracanã, e após a Copa do Mundo
ficaram excluídos.
Opinião
semelhante tem o diretor de marketing do Cruzeiro, Marcone Barbosa. Na sua
opinião, basta os clubes terem uma maior criatividade para se adequarem à nova
realidade.
– De
forma alguma isso vai atrapalhar o programa de sócio. Não acredito que o preço
do ingresso tenha uma associação direta com a violência nos estádios ou com as
torcidas organizadas. A questão está associada muito mais à punição e à
prevenção do que ao preço do ingresso. À medida que você cria mecanismos para
que aconteça uma profissionalização na gestão do esporte, em que todos os times
participem de uma política de cobrança, que cobra adequações aos clubes através
de uma fiscalização maior, a tendência é o fortalecimentos do futebol. Neste
aspecto, a medida foi muito positiva para os clubes e vai criar regras que, até
então, não existiam.
Com a
chamada LOTEX, o clube ao ceder a sua imagem terá direito a uma compensação
financeira e poderá comercializar normalmente como agente lotérico, expandindo
a venda e aumentando a sua receita. Ainda não está definido se será uma
raspadinha para todos os clubes ou uma para cada time. No entanto, independente
do modelo a ser adotado, os clubes poderão lançar séries especiais em datas
comemorativas. Ciente que as torcidas organizadas são responsáveis por vários
atos de violência no futebol brasileiro, muitas vezes até com a conivência dos
próprios dirigentes que financiam estes grupos, o deputado Otávio Leite adverte
que cabe aos próprios clubes o conhecimento de não desvirtuar os objetivos da
lei. Embora não possa falar por todos, ele acredita que a postura dos dirigentes
brasileiros está mudando cada vez mais. Além de proporcionar a venda de
ingressos mais baratos, o dinheiro da loteria também terá que ser usado pelos
clubes no desenvolvimento das categorias de base e do futebol feminino.
– A
presidente Dilma propôs a obrigatoriedade de investimento no futebol feminino,
o que desagradou praticamente todos os clubes. Diante disso, encontrei nessa
nova fonte de recursos um tipo de apoio para o futebol feminino. De nada
adiantava impor uma obrigação diante de um quadro de quase insolvência dos
clubes.
Segunda
maior loteria do Brasil, atrás apenas da Mega-Sena, a Timemania também
continuará ajudando os times participantes a pagarem as suas dívidas com a
União. Do total arrecadado, os clubes recebem 22% que são destinados ao pagamento
de dívidas com o INSS, FGTS, Receita Federal e outros impostos.
Texto final segue para sanção presidencial
Após
ser aprovada na Câmara dos Deputados e no Senado, a MP do Futebol tem 15 dias
para ser sancionada pela presidente Dilma Roussef e virar lei definitivamente.
Dentre as mudanças estão aumento do limite de gastos dos clubes com o futebol,
que subiu de 70% para 80%, além de alterações nas regras de redução de déficit
financeiro aplicadas. Outra mudança foi a retirada do artigo que transformaria
a seleção brasileira em patrimônio cultural – o que colocaria a CBF na mira do
Ministério Público.  
A
alteração nos colégios eleitorais das federações estaduais, que daria mais
poder aos clubes grandes, também foi retirada no texto aprovado pelos deputados
e senadores. Em contrapartida, ficou mantida a inclusão dos clubes da Série B
no colégio eleitoral da CBF – atualmente, votam apenas clubes da Série A e das
federações.
A
medida estabelece que será criado o Programa de Modernização da Gestão e de
Responsabilidade Fiscal do Futebol Brasileiro (Profut). Para aderir ao
programa, cada clube interessado em renegociar sua dívida terá de cumprir as
exigências previstas. O pagamento da dívida poderá ser feito em até 240 meses.
Caso algum clube deixe de pagar três parcelas, perderá a oportunidade de
parcelamento do débito e, com isso, não poderá ter acesso a benefícios de
incentivo fiscal da União.
Entre
as contrapartidas, estão por exemplo: manter em dia as obrigações trabalhistas
e tributárias, fixar mandato de quatro anos para os cargos eletivos de direção
e publicar na internet, em site próprio, a prestação de contas após ter sido
submetida à auditoria independente.

MAIS LIDOS

SAIU a escalação do Flamengo contra o São Paulo

O Flamengo joga na noite desta quinta-feira diante do São Paulo, na ultima rodada do Campeonato Brasileiro. O jogo acontece no estádio do Morumbi,...

Chances do Flamengo ganhar o Brasileirão disparam após vitória

O Flamengo vem de uma grande vitória no Campeonato Brasileiro, a mais importante do Rubro-negro até o momento no Brasileirão. Neste domingo, o Rubro-negro...

Veja a provável escalação do Internacional contra o Flamengo

O Internacional tem pela frente um grande jogo de futebol neste domingo. O time gaúcho irá medir forças com o Flamengo, em jogo que...

Escalação do Flamengo deve ter novidades; veja quem deve começar jogando

O Flamengo tem uma grande final pela frente para disputar. Neste domingo, o Rubro-negro carioca irá medir forças com o Internacional, em jogo decisivo...