terça-feira, setembro 22, 2020
Início Notícias Muricy e reforços: O ano de 2016 já começou no Flamengo.

Muricy e reforços: O ano de 2016 já começou no Flamengo.

GOAL –
Desde o fim de outubro ventila-se nos corredores do Flamengo que Muricy Ramalho
será o novo treinador da equipe em 2016 e com autoridade para reformulação do
elenco. Com ele também estariam engatilhados os dois primeiros nomes para
reforçar o time: William Arão e Yago Pikachu. Nada disso ainda foi
oficializado, porque em dezembro teremos eleições e tudo depende do resultado.
Muricy
é o sonho do Flamengo (e da diretoria que assumiu em 2013) há algum tempo. O
técnico, além de ser o nome de maior consenso entre as correntes dentro do
Rubro-Negro, estaria disposto a assumir a reformulação planejada, já que muitos
jogadores deixarão o elenco. Clube e treinador já estariam apalavrados, mas
dependem ainda do que vai acontecer nas eleições ao final do ano.
Apesar
de vitorioso no futebol brasileiro, Ramalho não é o nome mais apropriado para o
momento em que o clube tenta mudar de patamar. O Flamengo precisaria de um
treinador com uma visão mais moderna do esporte atual, com a filosofia do que
hoje vemos nos grandes centros. Principalmente aliado às táticas mais recentes e
de sucesso nas principais equipes mundiais. Muricy, um dos maiores vencedores
do Campeonato Brasileiro, ainda está um pouco distante desta mentalidade.
Hoje o
Rubro-Negro vive de investir em nomes consagrados, “cascudos”, como
escudos e repostas à torcida. Não há um planejamento de filosofia de trabalho
atrelado ao moderno futebol tático. É hora de entrar em outra Era. A desculpa
financeira ficou para trás, o clube está mais estruturado nesta parte que em
todas as outras gestões, mas dentro de campo continua em débito, atrasado e
muito longe de conseguir alguma coisa. O momento de “sacudir” é
agora.
Nos
reforços o clube vai dar atenção e forçar um trabalho na defesa. William Arão,
volante atualmente do Botafogo, e Yago Pikachu, ala do Paysandu, também
estariam praticamente acertados. Novamente os acertos apenas serão
oficializados após a disputa eleitoral. O foco principal para reformulação será
o contratação de atletas que tenham tido certo sucesso em outros times, jovens
e com valor de mercado em eventuais negociações futuras.
O que
vai acontecer daqui pra frente ainda está sob a sombra das eleições. Mas o que
se sabe é que tanto a Chapa Azul, a situação, quanto a Chapa Verde, formada por
dissidentes da atual diretoria e que é oposição, vão reformular o futebol e
planejam muitas mudanças estruturais no que foi feito nos últimos três anos.

MAIS LIDOS

Domenec agradece: Conheça os jovens jogadores chamados ao Equador

Domenec terá quatro jogadores pouco conhecidas por ele (e até nós) para a partida desta terça-feira pela Libertadores. Natan, João Lucas, Guilherme Bala e...

Torcedores pedem para adiar o jogo do Flamengo

O Flamengo confirmou nesta segunda-feira o sétimo contaminado pelo Novo Coronavírus. Com tantos desfalques e risco iminente de um surto dentro do Rubro-negro, com...

O futebol não foge do mundo exterior

Desde que o Flamengo anunciou seus infectados, torcedores tem buscado nas redes sociais "explicações" para isso ter acontecido, como se o futebol fosse aquém...

Onde assistir Barcelona x Flamengo ao vivo

O Flamengo não está vivendo dias fáceis. Enquanto no Brasileirão vem de uma dura derrota para o Ceará, na Libertadores o Rubro-negro passou uma...