domingo, setembro 20, 2020
Início Notícias Na Conmebol, Flamengo cobra critério de acréscimos do Palmeiras.

Na Conmebol, Flamengo cobra critério de acréscimos do Palmeiras.

Leandro Damião e Mina em Palmeiras x Flamengo – Foto: Gilvan de Souza

RODRIGO
MATTOS
: Antes da partida contra a Universidad Catolica, o presidente do
Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, esteve na sede da Conmebol com outros
dirigentes brasileiros para conversar com o presidente da entidade, Alejandro
Dominguez. Entre os temas abordados, esteve a arbitragem na Libertadores. Um
dos itens citados foi a falta de acréscimos em jogos do time rubro-negro
enquanto há tempo a mais em outras partidas como as do Palmeiras.

Na
terça-feira, Bandeira esteve na Conmebol juntamente com o presidente do
Palmeiras, Maurício Galiotte, e o presidente do Santos, Modesto Roma Jr. Houve,
no entanto, reuniões separadas já que o palmeirense tinha como objetivo tratar
da questão da violência cometida contra seu time no estádio do Peñarol. O
santista e o rubro-negro estiveram juntos com encontro com Dominguez.
Na
reunião, o presidente do Flamengo reclamou que seu time teria sido prejudicado
nos quatro jogos iniciais da Libertadores. Um dos questionamentos foi o
critério de acréscimos após os jogos. O dirigente rubro-negro lembrou que houve
descontos máximos de três minutos nos dois jogos em que o time foi derrotado
diante do Atlético-PR e Universidad Catolica apesar de terem supostamente
ocorrido fatos que deveriam gerar mais tempo de jogo.
Em
compensação, a diretoria do Flamengo observa que dois jogos do Palmeiras contra
Peñarol e Jorge Wilstermann tiveram acréscimos de 5min ou mais. Contra os
uruguaios, o jogo foi até os 54min e, contra os bolivianos, até 50min. Em ambos
saíram os gols do Palmeiras no final. Ressalte-se que nos dois casos houve
bastante cera dos adversários durante a partida que justificavam acréscimos
além do padrão normal.
Bandeira
não disse que os acréscimos para o Palmeiras eram erros da arbitragem. Só
alegou que, se esse era o critério, deveria ser adotado da mesma forma para
jogos do time rubro-negro. O dirigente do Flamengo não falou sobre temas como
cotas de Libertadores com Dominguez, e avalia que a Conmebol tem dado sinais de
que está sob nova administração mais transparente.

MAIS LIDOS

Thuler titular: Torcedores pedem oportunidades ao zagueiro

O Flamengo vem de uma dura derrota para o Independiente del Valle. No jogo contra os equatorianos, pela Libertadores da América, o sistema defensivo...

Perfil diz que Jorge Jesus aceitaria retornar ao Fla num cenário

O torcedor do Flamengo estava torcendo para Dome Torrent conseguir fazer com que o Flamengo continuasse jogando um futebol de alto nível. Entretanto, isso não aconteceu....

Flamengo terá que abrir os cofres caso demita Domenec

Domenec Torrent está por um fio de ser demitido do Flamengo, uma nova derrota diante do Barcelona de Guayaquil será o fim precoce de...

Diego Alves deve renovar o seu contrato com o Flamengo

O Flamengo possui um dos grandes elencos do futebol sul-americano. Mesmo com a sequência de títulos, o Rubro-negro conseguiu se segurar e manteve os...