• Início
  • Notícias
  • “Não vai ter jogo do Flamengo na televisão no estadual, não houve acordo”, diz jornalista destacando mudança de rumo do torneio
Publicidade

“Não vai ter jogo do Flamengo na televisão no estadual, não houve acordo”, diz jornalista destacando mudança de rumo do torneio

Publicidade

O elenco e a comissão técnica do Flamengo entraram de férias. Eles se reapresentam apenas no dia 22 de janeiro. O sub-20 do clube carioca irá disputar a Taça Guanabara do ano que vem, enquanto os profissionais irão realizar pré-temporada em Portugal. O jornalista Mauro Cezar Pereira, durante o podcast Posse de Bola, comentou o fato do Fla não ter entrado em acordo com a TV Globo para a transmissão do Campeonato Carioca, o que pode demonstrar uma perda de força da competição no calendário.

— Não vai ter jogo do Flamengo na televisão no estadual, não houve acordo e pelo jeito a TV Globo também não vai insistir, não. Vai do jeito que está. Isso pode ser um passo importante para que esses campeonatos acabem entrando num outro caminho, porque o que os sustenta esse tempo todo é a televisão. Quando a televisão começa a não se interessar tanto, isso pode significar alguma mudança em breve no calendário do futebol brasileiro -, disse o jornalista.

Mauro Cezar acredita que o Estadual irá perder cada vez mais força no calendário de futebol brasileiro. Por isso, o jornalista deu uma sugestão à CBF (Confederação Brasileira de Futebol). Mauro sugeriu que a instituição antecipe o início do Campeonato Brasileiro, colocando os regionais nas datas-fifas. Sendo assim, por mais que os clubes tenham desfalques, não irá prejudicar tanto, pelo fato dos jogos serem pelo torneio menos relevante.

— Já que tem essas Datas Fifa e tem o estadual, por que não espalha o estadual pelas Datas Fifa do ano? Seria mais razoável, porque aí você vai desfalcar os times, mas é o estadual, é o torneio menos importante. Começa em fevereiro o Campeonato Brasileiro, aí tem Data Fifa e você vai ter um jogo na quarta e um jogo no domingo pelo estadual -, opinou o jornalista, que ainda prosseguiu:

 E os times que não estão na primeira, na segunda, na terceira e nem na quarta divisão do Brasileiro, eles vão jogar Copa Rio, Copa São Paulo, Copa não sei o quê, aí cabe à federação montar uma competição para essas equipes terem atividade o ano inteiro. Aí todo mundo fica em atividade, daria calendário para essas equipes durante o ano, divide regionalmente dentro do estado de São Paulo, do Rio de Janeiro para evitar viagens muito caras, como acontece na Inglaterra. Na Inglaterra, a partir da sexta divisão os times são divididos por regiões e o time da nona divisão inglesa joga no ano o mesmo número que um time da primeira divisão -, completou.

Por: Coluna do Fla

Publicidade
Publicidade

© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod