quinta-feira, setembro 24, 2020
Início Notícias Novos óculos escuros do Flamengo ajudarão crianças carentes.

Novos óculos escuros do Flamengo ajudarão crianças carentes.

Foto: Divulgação / Flamengo

SITE
OFICIAL DO FLAMENGO
: O Clube de Regatas do Flamengo desponta mais uma vez na
vanguarda da gestão esportiva no Brasil e lança uma nova linha de óculos
escuros. Os acessórios, produzidos em parceria com a marca brasileira GIV.ON,
se chamam “Óculos do Bem”.

Para
cada unidade vendida, um óculos de grau é doado para para crianças carentes.
Ex-jogadores do Mais Querido farão a doação dos óculos de grau para crianças da
Comunidade da Mangueira, que visitarão a Gávea e farão uma clínica de esporte
com os ídolos rubro-negros.
Os
óculos, cujo design traz referências à história do Clube, são todos produzidos
no Brasil e respeitam as mais exigentes normas, com máxima proteção solar
UV400.
“Além
de possibilitar ao torcedor utilizar mais um produto oficial do Flamengo em
parceria com a GIV.ON, essa ação vai proporcionar ajuda a muitas crianças que
não têm condições de adquirir óculos para o dia a dia”,  disse Bruno Spindel, diretor de marketing do
Flamengo.
Os
óculos são vendidos nas lojas oficiais do Flamengo, óticas especializadas e
site da Óculos Do Bem (Clique aqui e veja).
O 1º
mutirão de doação de óculos de grau ocorrerá dia 19/10, na Gávea, e contará com
a participação de atletas e ex-atletas do clube. As doções serão conduzidas
pela GIV.ON e contarão com o suporte de ONGs parceiras. Em 2016 a empresa já
realizou 2 mutirões de doações: na Rocinha, RJ, e outro no Alto Xingu, MS,
ajudando cerca de 500 pessoas.
Sobre a Óculos do Bem
A
Óculos do Bem é a linha de projetos colaborativos da GIV.ON, uma marca
brasileira de óculos escuros. Foi criada em 2015 com a finalidade de ajudar a
resolver um problema simples, mas que atinge milhares de brasileiros: a
dificuldade em ter uma visão perfeita por não conseguir marcar uma consulta
médica e comprar um óculos de grau.
A
marca foi fundada por André Povoleri Caiaffa e Leonard Tang, que se conheceram
enquanto faziam seu MBA na Fuqua School of Business, na Universidade de Duke,
nos EUA. Ambos voltaram ao Brasil para trabalhar em grandes empresas, mas
sempre se questionavam como poderiam deixar um legado maior em nossa sociedade.
“Pensar
que tudo o que aprendemos poderia impactar de forma relevante na vida de outras
pessoas foi o que nos motivou a criar a GIV.ON”, afirma Caiaffa.

MAIS LIDOS

Jorge Jesus no Flamengo: Treinador exalta a torcida do Fla

O técnico Jorge Jesus deixou o Flamengo logo após ter uma temporada praticamente perfeita com o Rubro-negro. Hoje treinador do Benfica, ele ainda é...

Governo do Rio libera público nos estádios; Fla era a favor

O surto recente de casos de covid no Flamengo parece não ter impressionado dirigentes do clube e políticos do Rio de Janeiro. Na manhã...

Fla hoje: Fábio Sormani critica o Palmeiras

O comentarista Fábio Sormani, dos Fox Sports, não perdeu a oportunidade de criticar o Fla hoje e o Palmeiras. O comentarista detonou o Palmeiras, já que o time...

Campeão de infecção: Fla é o time com mais contaminados pela Covid-19 na série A

Antes da retomada do futebol no Brasil, o Flamengo foi o principal apoiador da ideia da volta do esporte durante o auge da pandemia...