• Início
  • Notícias
  • “O Flamengo é um comprador que não encontra concorrentes no Brasil”, garante jornalista
Publicidade

“O Flamengo é um comprador que não encontra concorrentes no Brasil”, garante jornalista

Publicidade

A revolução financeira e administrativa iniciada pelo Flamengo em 2013 atingiu seu ápice em 2019 e promete ainda mais glórias para 2020. “Gelo no sangue” no mercado, o clube não mede esforços para contratar peças promissoras e cobiçadas por rivais diretos – como é o caso de Michael e Pedro, desejos de Corinthians e Grêmio. De acordo com Juca Kfouri, o Rubro-Negro se tornou um comprador sem concorrentes no Brasil.

– No mercado de aquisições para a temporada 2020 há um grande comprador que não encontra concorrentes no Brasil. Pode chamar de Clube de Regatas do Flamengo. O Corinthians queria a revelação do Brasileirão passado, o atacante Michael, do Goiás, e o rubro-negro atravessou. O centroavante Pedro, ex-Fluminense, hoje na Fiorentina, interessa ao Grêmio. Porém, o Flamengo tomou a dianteira na negociação e espera o promissor camisa 9 para semana que vem. Assim será por um bom tempo -, afirmou ao jornal da CBN, nesta quinta-feira (09).

Ao concluir sua análise, o jornalista justificou a soberania rubro-negra como: “o Flamengo fez a lição de casa, passou a pão e água por um período, saneou suas finanças e agora contrata quem quiser no mercado brasileiro”.

Três nomes chegaram à Gávea para esta temporada: Pedro Rocha, emprestado do Spartak de Moscou, Gustavo Henrique, ex-Santos, e Thiago, ex-Naútico. O clube trabalha, ainda, com a possibilidade de oficializar mais um pacotão de reforços – considerando que Michael, Thiago Maia e Pedro estão próximos de um desfecho positivo.

Por: Coluna do Fla

Publicidade
Publicidade

© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod