• Início
  • Notícias
  • “O que decidir, respeitaremos”, opina Marí sobre futuro do Mister no Flamengo
Publicidade

“O que decidir, respeitaremos”, opina Marí sobre futuro do Mister no Flamengo

Publicidade

Em menos de cinco meses, Jorge Jesus revolucionou o futebol brasileiro, quebrou os principais tabus da história rubro-negra e se tornou ídolo incontestável da maior torcida do mundo. É impossível não reconhecer a gratidão por esses 33 jogos (23 vitórias, oito empates e duas derrotas) e, principalmente, pelos títulos conquistados de forma soberana. O futuro ainda é incerto, mas, se depender do zagueiro Pablo Marí, o Mister ainda tem muita página para escrever na Gávea.

O importante é que ele se sinta feliz aqui. É um grande treinador e já demonstrou isso. Ele mudou o Flamengo em quatro meses. O Mister é livre para fazer o que quiser em seu futuro. Obviamente, como jogador dele, torço para que siga aqui por muito tempo. Mas ele tem que decidir o que é melhor para ele. O que decidir, respeitaremos -, declarou.

FOTO: ISABELLE COSTA/COLUNA DO FLA

Jorge Jesus não fez só história no Flamengo, mas também deixou lições para o futebol brasileiro. Desde o momento que estreou, o português armou um esquema ofensivo e, ainda sim, não abdicou de uma boa defesa com a linha avançada. Logo em sua chegada. Há, também, a quebra de ideia sobre poupar um elenco inteiro para priorizar competições em um calendário confuso. Internamente, o maior preceito do Mister é outro.

– Creio que uma das principais características do Mister é que ele consegue tirar o melhor de cada um dos jogadores. Isso nos levou ao título de campeões da América -, disse Pablo Marí, o primeiro espanhol campeão da Libertadores.

Por: Coluna do Fla

Publicidade
Publicidade

© Copyright 20 Fla Hoje. Todos os direitos reservados
Website desenvolvido por Azarod