O Flamengo perdeu mais uma partida na noite de ontem, diante do Atlético-MG. Sendo mais “cirúrgico”, o Flamengo não perdeu, foi humilhado novamente. Mais um placar elástico, mais uma goleada e a sensação é de que todos os adversários do Flamengo na disputa pelo título estão muito melhores preparados do que nós.

Se é desesperador ver o sistema defensivo de Dome em campo, o ofensivo a cada jogo que passa parece piorar também. Ontem o Flamengo se resumiu a tocar bolas para trás e de lado e cruzar na área. É um repertório pobre demais para um time tão rico em virtudes técnicas.

Mas se a situação dentro de campo é horrível, parece que fora dele é ainda pior. Segundo matéria do GE divulgada na noite de ontem, a relação entre elenco e Dome está mais do que desgastada. E o desgaste nada tem a ver com rodízio de jogadores como se veiculava tempos atrás. Para todos no clube, falta clareza nas ideias de Dome, ele não consegue passar para os jogadores o que de fato pretende, se é que existe uma filosofia bem imaginada pelo comandante.

Dome treina poucos movimentos em situações de jogo, e isso incomoda demais os jogadores que se sentem vendidos num sistema que não compreendem. Além disso, Dome não treina o time titular, justamente pelo fato de também não o escalar. Dessa forma, todos ficam sabendo se jogam ou não nas vésperas da partida.

Postura de Domenec incomoda

Mas os problemas entre elenco e Dome vão além de questões táticas. A relação também é ruim, e alguns posicionamentos do catalão são muito questionáveis.

Segundo matéria do GE, Dome se sentiu incomodado por em um determinado momento, ensinando posicionamentos em vídeo, notou o elenco disperso. O catalão fez questão de destacar com os jogadores que viu os jogos de 2019 e que não seria todo ano que seriam campeões na sorte. Fala pesada, desrespeitosa e de perder vestiário.

Dome parece ter dificuldades em passar sua filosofia de jogo nos treinos, parece ter dificuldade de explicar seus erros em coletivas e por  fim, parece ter dificuldades também no trato com as pessoas. Diante de tantos problemas, é quase impossível imaginar vida longa do treinador.

Leia também: Ceni pode ser o novo técnico do Flamengo

Veja também: Flamengo é derrotado pelo Atlético-MG por 4 a 0 no Mineirão