Opinião: Flamengo tem em 2020, adversário a altura no Brasileirão

flamengo atlético mineiro

No ano de 2019, o Campeonato Brasileiro ficou marcado pelo passeio técnico e tático do Flamengo com Jorge Jesus. Um ano mágico e que não volta mais, não da forma como tudo aconteceu. Mas, independentemente de qualquer coisa, é importante contextualizar o que se tinha como adversários ao Flamengo naquele ano. De um lado, um Palmeiras retrógado, hora com Felipão e logo depois com Mano. O Palmeiras era “o time a ser batido”, mas acabou virando saco de pancadas.

O Flamengo foi o responsável pelas duas demissões, tanto de Felipão quanto de Mano. E o adversário que parecia óbvio, acabou não demonstrando em nenhum momento ter forças para de fato, bater de frente e incomodar. Ambas as partidas foram um vareio de bola e o Palmeiras fora humilhado em campo. Com requintes de crueldade no segundo turno, com o Flamengo já campeão e o Palmeiras jogando o “jogo da vida”.

De outro lado tinha um modesto Santos, que não parecia incomodar, mas incomodou até certo ponto. Comandado por Sampaoli, o Santos chegou onde ninguém imaginaria, e jogou muito mais que o Palmeiras. Mas se por um lado o Santos tinha futebol, faltava jogador. Enquanto o Palmeiras tinha jogadores e faltava futebol. O resultado? Um título fácil, com várias rodadas de antecedência e a certeza que alguém teria que fazer muito mais para incomodar.

O ano de 2020 chega e o Atlético Mineiro surge

Mesmo que com gastos contraditórios, o Atlético Mineiro foi no mercado em peso. Contratou bons jogadores e juntos dele, o segundo melhor treinador do futebol brasileiro em 2019. Sampaoli chegou no Atlético com carta branca, escolheu nomes, comissão, forma de jogar e até posturas da diretoria, como os salários em dia.

Sampaoli Atlético

Sampaoli pelo Atlético MG

O resultado é um Atlético competente assim como o Santos do ano passado, mas com muito mais opções em campo. Não dá para se dizer que o Atlético tem individualmente a qualidade do Flamengo, mas tem uma equipe muito forte e muito bem treinada.

Outra questão ainda pode ser levada em consideração. O Atlético está eliminado de todas as competições e tem um calendário muito mais leve pela frente. Tendo apenas o Brasileirão a disputar.

Em 2020, sem Jorge Jesus, o Flamengo parece estar aos poucos encontrando seu caminho com Dome. O “problema” é que para esse ano, existe um adversário mais forte de qualquer outro de 2019, e o Flamengo precisará de mais uma vez, ter ótimo desempenho em campo e aproveitamento, para defender o título nacional.

Leia também: Flamengo recebe oferta milionária por Lincoln mas a recusa; saiba o motivo

Veja também: Pelo Outubro Rosa, Flamengo promove doação de cabelos para pacientes com câncer

O FlaHoje é um portal eletrônico de notícias voltado exclusivamente os torcedores do Flamengo. Nosso objetivo é mostrar as principais notícias com qualidade, rapidez e imparcialidade, focando notícias do nosso time favorito, o Rubro-Negro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.