sábado, setembro 19, 2020
Início Notícias Oposição do Fla aposta em Google, Facebook e contatos.

Oposição do Fla aposta em Google, Facebook e contatos.

ESPN –
Uma candidatura de situação pela proposta apresentada, mas de oposição por ir
contra o atual modelo de gestão do Flamengo. Assim Wallim Vasconcellos,
candidato à presidência do clube e exonerado nesta terça-feira pelo próprio
presidente Bandeira de Mello, definiu o posicionamento de sua chapa. Mas vai
além. A ideia foi indicar que o Flamengo depende, de acordo com eles, muito de
contatos para passar com sucesso pelos próximos anos. Capitaneados por Bap, os
dissidentes negaram que a Chapa Azul esteja rachada ou desunida. E ressaltaram
terem importância e apoio do mercado, citando gigantes como Facebook e Google.
Primeiro,
em uma tentativa de comprovar que a Chapa Azul permanece quase intacta, Wallim
e Bap distribuíram um folheto de 2012 com 16 nomes integrantes da gestão que
assumiu o Flamengo na ocasião. Acima de cada nome, o candidato que apoiam
agora. 11 apoiam Wallim, dois o presidente Bandeira e três ainda se mantêm em
cima do muro. Bap leu nomes em cima da mesa de rubro-negros que apoiaria a
chapa de Wallim Vasconcellos no pleito.
“Vamos
projetar o que era a chapa original e ver como estão. Racha é um termo
interessante. Parece que pegou uma barra de chocolate e quebrou ao meio. Temos
alguns nomes que se juntaram a tudo isso. Temos Fábio Coelho, presidente do
Google. Marcelo Lobianco, presidente do Facebook. A um grupo que já era forte e
robusto, nos estamos juntando rubro-negros ilustres. E tem mais uns 35 nomes
que poderíamos citar. Os desafios do Flamengo serão muito grandes. Nessa
situação que o Brasil está passando relacionamento, capacidade de gestão e de
execução vão ser absolutamente fatores críticos de sucesso”, disse Bap.
Dissidente
da atual gestão desde fevereiro, quando entrou em conflito direto com o presidente
Bandeira de Mello, o ex-vice de marketing tem personalidade forte. Em
determinado momento, ele relembrou a renegociação do contrato com a Adidas, no
fim de 2012, e a considerou como um crédito pessoal. Em outro instante,
garantiu que Eduardo Bandeira de Mello teve dificuldades para conseguir um
encontro com o presidente da Caixa Econômica Federal para discutir a renovação
do patrocínio. Ruben Osta, presidente da Visa e um dos integrantes da Chapa
Azul, teria intercedido a favor do mandatário. Bap, então, bateu forte na tecla
de credibilidade pessoal. E decretou:
“O
Flamengo é 100% dependente dos contatos pessoais. Ninguém dá nada absolutamente
de graça ao Flamengo porque o Flamengo é o Flamengo. Eu tenho sonho de estar
aqui daqui a oito, dez anos com uma fila de pessoas querendo associar sua marca
ao Flamengo. Seja porque ainda estamos numa trajetória ou pela realidade
econômica do país. O Flamengo é 100% dependente disso”, disse Luiz Eduardo
Baptista.
Ao seu
lado, Wallim Vasconcellos ouvia tudo atentamente. E aproveitou para embarcar na
onda e fazer uma ressalva, com tom eleitoral minutos após ser exonerado do
cargo de vice-presidente de patrimônio, sobre o futuro dos negócios do clube.
“A
própria saída nossa, do Landim e tudo…os patrocinadores, os financiadores vão
começar a ligar. Se bobear vão começar a recolher um pouco a exposição no
Flamengo porque não sabem o que vai acontecer na eleição de dezembro. Já pode
começar a afetar o clube também”, completou Wallim Vasconcellos.
O
lançamento oficial da chapa “Vencer, Vencer, Vencer”, com direito a
coquetel, deve ser realizado ainda neste mês de agosto. A artilharia pesada, no
entanto, já foi aberta.

MAIS LIDOS

Os pecados da diretoria na escolha do novo treinador

A diretoria rubro-negra logo que informada da saída de Jorge Jesus, deixou algo bem claro, gostaria de contar novamente com um estrangeiro. Tal decisão...

Opinião: Dias contados para Domenec no Flamengo

Uma derrota vexatória diante do Independiente Del Valle, uma atuação totalmente desinteressada e uma torcida que perdeu a paciência, esses e outros fatores apontam...

Jorge Jesus é relembrado por torcedores do Flamengo após goleada

Jorge Jesus marcou seu nome na história do futebol brasileiro e do Flamengo. Com cinco títulos na bagagem, o português deixou o Mais Querido...

Fla: Comentarista faz duras críticas à Domènec após goleada

A goleada sofrida pelo Fla na última quinta-feira (17), por 5 a 0, contra o Independiente Del Valle, do Equador, fez com que muitas...